Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Wai-Wai: índios se reúnem para colheita da castanha-do-Brasil e Assembleia Geral

Wai-Wai: índios se reúnem para colheita da castanha-do-Brasil e Assembleia Geral

O evento reunirá índios das comunidades Makará, Soma e Samaúma - Foto: Fernando Oliveira

O evento reunirá índios das comunidades Makará, Soma e Samaúma – Foto: Fernando Oliveira

Os índios da região Wai-Wai, da Terra Indígena Trombetas/Mapuera, no município de Caroebe, se reúnem de quarta-feira, 13, até sexta-feira, 15, em assembleia para discussões sobre problemas da comunidade, posse da nova diretoria da Apiw (Associação do Povo Indígena Wai-Wai) e para abertura dos trabalhos de colheita da castanha-do-Brasil, principal atividade econômica desse grupo étnico.A abertura da Assembleia Extraordinária do Povo Indígena Wai-Wai, com apresentação de dança tradicional, está prevista para esta quarta-feira, às 9 horas, na comunidade Jatapuzinho. Às 13 horas, ocorre a solenidade de posse da nova diretoria da Apiw, com esclarecimentos sobre a atual situação da associação. Em seguida, estão programadas discussões com a participação de representantes das oitos comunidade da região Wai-Wai, com o objetivo de avaliar o trabalho realizado pelos gestores que deixam a diretoria.

O encontro prossegue na quinta-feira, com a participação de representantes de órgãos convidados, entre eles, a Funai (Fundação Nacional do Índio); a Aferr (Agência de Fomento de Roraima); o MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário); a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária); a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) e o Sebrae (Serviços Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). A previsão de término da Assembleia é para as 14 horas da quinta-feira, com explanação sobre o evento que marcará o início da colheita da castanha-do-Brasil.

Agendada para começar às 11 horas, na sexta-feira, a abertura oficial da colheita da castanha será feita pela governadora Suely Campos, na comunidade Jatapuzinho. O evento reunirá índios das comunidades Makará, Soma e Samaúma.

Um dos mais importantes produtos extrativos da região Norte, a castanha-do-Brasil é, atualmente, a principal fonte de renda dos índios Wai-Wai, moradores da região Sul do estado, na tríplice divisa entre Roraima, Amazonas e Pará.
Com informações sobre boas práticas de manejo, gestão e educação cooperativista, além de treinamentos e consultorias em gestão empresarial, repassados por técnicos da Embrapa, da Funai e do Sebrae, os indígenas beneficiados pelo Projeto de Extrativismo da Castanha-do-Brasil transformaram a colheita do produto em atividade econômica rentável e sustentável.

Além do extrativismo da castanha, os índios Wai-Wai se destacam na produção da farinha e no cultivo de banana.

Albani Mendonça

 

Deixe uma resposta