Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | Uiramutã: estudantes indígenas reivindicam melhorias nas escolas da região

Uiramutã: estudantes indígenas reivindicam melhorias nas escolas da região

O governador Chico Rodrigues visitou escalas das comunidades indíginas - Foto: Edinaldo MoraisAlunos da escola estadual indígena Koko Isabel Macuxi, localizada na comunidade da Enseada, no município de Uiramutã, solicitaram adequações do espaço físico da instituição de ensino com a construção de mais quatro salas de aula e demais acomodações. No total, são 168 estudantes beneficiados atualmente, inclusive de outras comunidades indígenas.

A escola funciona nos turnos matutino, vespertino e noturno e conta no momento com 22 professores que se revezam em apenas duas salas de aula, atendendo alunos do ensino fundamental, médio normal e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O local não dispõe de biblioteca, laboratório e sequer de banheiros adequados para o uso dos estudantes.

“Nós precisamos destas melhorias para dar aos alunos desta região um ensino de qualidade, oportunizando a cada um deles o aprendizado que tanto desejam e merecem ter”, enfatizou a professora do ensino fundamental e médio, Denise Almeida.

A solicitação foi feita por meio de um ofício entregue, em mãos, pelos alunos daquela escola ao governador Chico Rodrigues, que constatou “in loco” as necessidades de melhorias do local prontificando-se em sanar os problemas encontrados.

Uma equipe da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinf) será enviada para fazer uma avaliação técnica ainda nesta semana.

“De início, vamos substituir as passagens de ventilação por janelas. Estamos no período de inverno e a chuva é jogada pelo forte vento para dentro das salas, deixando os alunos sem condições de assistir às aulas e isso é inadmissível”, disse o governador.

Chico Rodrigues explicou que todo e qualquer processo de reforma, ampliação ou construção deve seguir a Lei 8.666/93, que requer tempo, uma vez que as fases de publicação do edital, habilitação, classificação e homologação devem ser respeitadas.

“Não mediremos esforços para, que dentro da legalidade, essas melhorias reivindicadas e merecidas possam ser realizadas.”

Segundo o estudante do 1º ano do ensino médio, Adenilson Francisco, a expectativa é de que a solicitação seja atendida. “A visita do governador à nossa escola dá uma esperança de que ele, vendo a nossa realidade, possa olhar com mais carinho para o nosso povo e assim nos ajudar”, disse.

 

 

 

Deixe uma resposta