Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Uiramutã: comunidades indígenas estão isoladas devido cheia do rio Maú

Uiramutã: comunidades indígenas estão isoladas devido cheia do rio Maú

O prefeito do Uiramutã, Manuel Araújo “Dedel” (PP) anunciou que já pediu ajuda do Exército e do Governo do Estado e que está aguardando a chegada da Defesa Civil do Estado e do Corpo de Bombeiro para auxiliar a administração do município na remoção das famílias que estão ilhadas nas comunidades localizadas à margem do Maú, na divisa entre o Brasil e a República Cooperativa da Guyana, por conta das fortes chuvas que elevou o nível o rio.

Dedel está em Brasília (DF) participando da Marcha dos Prefeitos, mas com a situação caótica vivida pelos munícipes, ele está providenciando a antecipação do retorno para acompanhar e buscar solucionar a problemática do município motivada pelo fenômeno natural do inverno.

Cerca de 400 pessoas que viviam nas comunidades Caxirimã, kumabai, Prododó, São Mateus, Nova Esperança, Canapã, Laje e Monte Moriuá 1 e 2, todas localizadas às margens dos rios Maú e Uailan, estão sendo removidas para a sede do município. Há casas que estão totalmente submersas, assim como alguns sítios, que foram totalmente invadidos pelas águas.

A situação se agrava porque com o alagamento muitas pessoas estão adoecendo de malária, diarreia e diabete. A falta de alimento é outro problema que agrava a situação das famílias atingidas pelas chuvas.

Uma força tarefa está mobilizada para ajudar as famílias que sofrem com a enchente. A administração municipal conta com a ajuda da Câmara dos Vereadores, das lideranças indígenas e de toda a população.

Marilena Freitas

 

Deixe uma resposta