Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Política | Soldado Sampaio fala sobre questão fundiária

Soldado Sampaio fala sobre questão fundiária

Soldado Sampaio: “Não podemos aceitar que famílias de agricultores de bem sejam agredidas por grileiros e madeireiros irresponsáveis” - Foto: H. EmilianoOs problemas referentes à questão fundiária do Estado foi o tema de discurso do deputado Soldado Sampaio (PC do B), na manhã desta terça-feira, 10, em sessão ordinária realizada no plenário da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR).

Segundo o parlamentar, famílias de pequenos agricultores dos projetos de assentamento do Caju, Cujubim, Comunidade dos Sonhos, entre outras localidades, estão sendo agredidos por grileiros e madeireiros que de forma irregular querem apropriar-se das suas terras.

Na ocasião, ele informou que encaminhou um relatório sobre o caso para o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Congresso Nacional, entre outros órgãos competentes.

“É uma vergonha o que está acontecendo com essas famílias de pequenos agricultores, pois temos casos de violência por conta de disputa de terra. Porém, quero afirmar que essa situação só está acontecendo por conta da irresponsabilidade do ex-governador, Anchieta Júnior (PSDB) e do ex-diretor do Instituto de Terras de Roraima (Iteraima), que deram títulos a pessoas que nem no estado residem”, afirmou Sampaio, informando que as assinaturas do ex-chefe do Executivo para a emissão dos documentos foram confirmadas pelos órgãos competentes.

O deputado disse que também encaminhará um documento à Comissão de Direitos Humanos da Casa para que busque averiguar o caso. “Estão querendo transformar Roraima no sul do Pará, onde há uma grande disputa de terras. E não podemos permitir que pessoas trabalhadoras sejam perseguidas e agredidas por oportunistas”, destacou ao relatar situações vividas por algumas famílias no estado.

Sampaio encerrou o pronunciamento mostrando-se favorável à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº. 004, de autoria do deputado Jânio Xingu, sobre o quadro em extinção dos ex-servidores do Estado.

O líder do governo na Casa, deputado Zé Reinaldo (PSDB), pediu cautela sobre o assunto, embora tenha mostrado-se favorável à punição dos culpados, caso haja confirmação de irregularidades na emissão de títulos definitivos de terras.

“É muito importante lembrar que o governo de Chico Rodrigues (PSB) está funcionando há apenas 65 dias, mas devemos investigar essa situação para que pessoas inocentes não padeçam”, finalizou.

 

 

 

 

Deixe uma resposta