Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Sírio-Libanês: servidores do HGR passam por segunda etapa de treinamento

Sírio-Libanês: servidores do HGR passam por segunda etapa de treinamento

A equipe técnica do Sírio Libanês vai acompanhar o andamento das atividades do setor no sentido de identificar as dificuldades e propor as adequações - Foto: Ascom/SesauPara continuar os treinamentos iniciados em maio deste ano, os servidores do Serviço de Arquivamento Médico e Estatístico (Same), do Hospital Geral de Roraima (HGR), recebem capacitação nesta terça-feira, 29, da equipe técnica do Hospital Sírio-Libanês. Durante o treinamento os técnicos vão averiguar como o trabalho é realizado e implementar a metodologia aplicada no Same do Sírio-Libanês. A qualificação vai ocorrer das 07h às 12h e das 14h às 18h, com a participação dos servidores do setor.

Com a primeira fase do treinamento que ocorreu em maio, o setor de faturamento já recebeu todas as adequações pontuadas pela equipe do Sírio Libanês. “Hoje, tudo o que chega para ser faturado, é feito de pronto no setor”, explica a diretora do Departamento dos Serviços de Urgência e Emergência (DSUE), Luzia Rodrigues, destacando partir do treinamento a equipe do HGR trabalhar conforme os parâmetros que foram estabelecidos” destaca.

A diretora explica que nesta nova etapa, o treinamento será direcionado ao Same, no sentido de organizar o fluxo de prontuários. A equipe técnica do Sírio Libanês vai acompanhar o andamento das atividades do setor, no sentido de identificar as dificuldades e propor as adequações.

Conforme o diretor do HGR, Douglas Teixeira, o Same tem por finalidade a guarda e preservação do prontuário médico (dados pessoais, evolução clínica, exames e radiografias) e a elaboração de relatórios e dados estatísticos referentes ao movimento hospitalar para o Ministério da Saúde e também o registro internação e alta de pacientes. “Com os serviços organizados, benefícios no atendimento dispensado pelo hospital poderão ser consolidados, como melhoria no setor de arquivo e estatísticas, resultando em dados mais confiáveis para guiar a gestão”, frisou.

Cerca de 200 pessoas passam por dia pelo Same para solicitar e retirar uma cópia do seu prontuário médico ou da ficha de atendimento. Entre os motivos que os pacientes solicitam os prontuários, estão para dar entrada em benefícios como INSS, DPVAT ou para justificar que esteve na unidade de saúde sob tratamento.

O diretor do HGR afirma que a visita vai auxiliar na otimização do trabalho realizado pelo setor, avaliando a estrutura, o desempenho dos servidores. O treinamento também servirá como uma consultoria. “Vão ser apontadas as necessidades do setor e relatórios serão gerados para o HGR e para a Secretaria de Estado de Saúde para que sejam formalizadas as adaptações, garantindo assim a melhor realização dos trabalhos e melhor atendimento a população”, finalizou Teixeira.

 

 

 

Deixe uma resposta