Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Sesau vai convocar psicólogos para atender policiais civis e militares

Sesau vai convocar psicólogos para atender policiais civis e militares

Suely Campos: “Os policias vivem sob estresse permanente e precisam desse suporte para ter uma vida saudável” - Foto: Fernando Oliveira

Suely Campos: “Os policias vivem sob estresse permanente e precisam desse suporte para ter uma vida saudável” – Foto: Fernando Oliveira

Atendendo à determinação da governadora Suely Campos, a Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) já está trabalhando na elaboração do pedido de convocação de quatro psicólogos aprovados no último concurso público realizado em 2013. O pedido deve ser encaminhado até amanhã, dia 12, à Segad (Secretaria de Estado de Gestão Estratégica e Administração) que por sua vez, tomará as providências cabíveis para a tramitação.

De acordo com coordenadora da CGTES (Coordenação Geral de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde), Consolata de Farias, a quantidade de profissionais a ser chamada foi definido após levantamento realizado no Centro de Qualidade de Vida da Sesp (Secretaria de Segurança Pública), que oferece assistência psicossocial aos policiais e bombeiros do estado. Os profissionais serão convocados para reforçar o atendimento já prestado.

A determinação da governadora foi em razão dos últimos crimes que ocorreram na cidade envolvendo policiais. Ela acredita que com o reforço dos profissionais, vai contribuir para a diminuição de fatos como estes, uma vez que a ideia é de se prestar o acompanhamento psicológico rotineiro à categoria.

“Esse acompanhamento psicológico tem que ser rotina. Os policias vivem sob estresse permanente e precisam desse suporte para ter uma vida saudável”, enfatizou Suely Campos.

O secretário adjunto de Saúde, Paulo Linhares, ressalta a importância da chamada dos profissionais concursados. “Quem lida com a segurança pública vive em uma sobrecarga grande de estresse, então com esta convocação vamos conseguir dar um atendimento diferenciado a quem deve promover a nossa segurança”, disse.

Os novos servidores serão empossados, conforme previsão na Lei 053/01, que estabelece o prazo de 30 dias para a posse após a nomeação. A convocação deverá ser feita pela Segad, que por sua vez anunciará os trâmites do concurso, que inclui a entrega da documentação necessária para a realização da perícia médica e posteriormente a posse. Depois disso, os novos servidores terão 15 dias para entrar em exercício.

O concurso público, para provimento de vagas na área de Saúde, foi realizado em agosto de 2013 e disponibilizou 1.786 vagas em todos os níveis, para os 15 municípios. O certame contou com um total de 29.536 inscritos. Após a nomeação pela Segad, já entraram em exercício 2.259 servidores, que estão atuando na Capital e no Interior.

Wanessa Carvalho

 

Deixe uma resposta