Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Política | Senado aprova requerimento de Romero Jucá de repúdio ao governo da Venezuela por desrespeito a democracia

Senado aprova requerimento de Romero Jucá de repúdio ao governo da Venezuela por desrespeito a democracia

Jucá quer um posicionamento do Governo brasileiro - Foto: Tiago Orihuela

Jucá quer um posicionamento do Governo brasileiro – Foto: Tiago Orihuela

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira, 5, requerimento número 417, de autoria do senador Romero Jucá (PMDB/RR), com voto de censura e repúdio ao governo da Venezuela, que não vem respeitando a democracia com atos supostamente arbitrários como a prisão recente de opositores ao governo de Nicolás Maduro. Jucá deixou claro que o voto de pesar foi solicitado devido descumprimento do governo venezuelano da cláusula democrática prevista no Protocolo de Ushuaia sobre Compromisso Democrático no bloco econômico sul-americano, o Mercosul.“Quero registrar que ajudei a aprovar o ingresso da Venezuela no Mercosul e, quando daquele debate, defendi que o ingresso da seria mais um instrumento de buscar a democracia interna do País e de ter mecanismos que permitissem que opositores venezuelanos tivessem os países do Mercosul como aliados na busca da democracia”, afirmou Romero Jucá após aprovação de sua proposta.

Jucá disse ainda que representa um estado vizinho da Venezuela, Roraima e que defende as parcerias econômicas e a população do país. “ Vejo a Venezuela se dissolvendo como país e como democracia ao fazer os atos que estão sendo feitos,e o senado brasileiro precisava tomar uma posição sobre isto ”, afirmou o senador.

Os senadores Aécio Neves (PSDB/MG), José Serra (PSDB/SP) e  Aloysio Nunes (PSDB/SP), destacaram em seus discursos em plenário,  apoio total ao requerimento do senador Jucá, em defesa da democracia e da liberdade individual dos cidadãos .  O senador Aloysio Nunes inclusive convidou os parlamentares para acompanharem na próxima quinta-feira,  7, um debate interativo sobre a situação da Venezuela, que acontecerá na Comissão de Relações Exteriores, com Lilian Tintori e Mitzy Capriles, esposas  dos líderes oposicionistas presos, Leopoldo López e o Prefeito Ledezma, de Caracas.

Jucá cobra posição do governo brasileiro

Romero Jucá também pediu explicações ao Itamaraty para saber quais providências o governo brasileiro está tomando para resolver a situação da Venezuela. Em requerimento de informação apresentado semana passada, o senador quer saber se o governo federal está tomando medidas acerca da grave violação dos direitos humanos imposta contra os movimentos populares, com perseguição e prisão. Este requerimento será apreciado posteriormente pela Mesa do Senado, responsável por sua aprovação.

No documento, Jucá também questiona quais medidas estão sendo tomadas pelos membros do Mercosul, como os governos da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Outros posicionamento estão sendo requeridos ao Parlamento do Mercosul (Parlasul).

Fátima Rocha

 

Deixe uma resposta