Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Seminário divulga boas práticas para os serviços de alimentação em Boa Vista

Seminário divulga boas práticas para os serviços de alimentação em Boa Vista

Seminário foi realizado no auditório do Minstério Público - Foto: Fernando TeixeiraReunidos no auditório do Ministério Público de Roraima, os comerciantes e profissionais que trabalham com a manipulação de alimentos participaram, nesta quinta-feira, 5, do seminário de divulgação do decreto que regulamenta a qualidade dos serviços de alimentação em Boa Vista. Promovido pela Prefeitura de Boa Vista, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, o evento abordou temas como a conservação correta dos alimentos e apresentou maneiras de diminuir o desperdício de comida.

 

“Queremos trazer ao conhecimento da sociedade a existência desse decreto, deixar claro que há uma regulamentação e que não é simplesmente uma lei, ou uma norma, mas sim uma ação educativa da vigilância sanitária que visa desenvolver a consciência sobre a importância da higiene na saúde da população”, destacou a superintendente municipal de vigilância em saúde, Cíntia Brasil.

O seminário contou com a palestra da promotora de justiça de defesa da saúde do Ministério Público Estadual de Roraima, Jeanne Sampaio, e do analista municipal-médico veterinário da Vigilância Sanitária, José Cavalcante.

“O Ministério Público atua em defesa do direito ao acesso a alimentos que não prejudiquem a saúde da população. Na palestra, explicamos o porquê dessa atuação ao longo dos anos, que é realizada em conjunto com a vigilância sanitária e outros órgãos afins”, frisou Jeanne Sampaio.

O evento foi destinado aos proprietários de lanchonetes, restaurantes, supermercados, distribuidoras de produtos alimentícios, açougues, peixarias, cantinas, bufês, confeitarias, padarias, pastelarias, cozinhas industriais, cozinhas institucionais e todos os estabelecimentos que trabalham na manipulação de alimentos.

“Quando falamos em saúde, muitas pessoas relacionam à recuperação de doenças. Mas um fator importante do direito à saúde são as ações de prevenção e promoção, por isso a prefeitura de Boa Vista tem a preocupação de melhorar ainda mais a prestação de serviço, a manipulação e comercialização de alimentos”, explicou o secretário municipal de Saúde, Marcelo Lopes.

Decreto 

O decreto nº 206/E, de 27 de novembro de 2013, publicado no Diário Oficial do Município no dia 9 de dezembro de 2013, aprova o novo regulamento de boas práticas de controle das condições técnico-sanitárias das atividades relacionadas à produção, manipulação, beneficiamento, acondicionamento, transporte, armazenamento, distribuição, embalagem e reembalagem, além do fracionamento e comercialização de alimentos no município de Boa Vista.

Dentre as novas normas, estão:  

– Os canudos devem ser embalados em recipientes individuais e totalmente fechados,

– A maionese, o catchup e a mostarda devem ser fornecidos somente em saches. O uso de bisnagas é proibido,

– O fatiamento de frios, como queijos e embutidos deve ocorrer em local protegido e climatizado,

– O óleo utilizado em frituras não pode ser reaproveitado e deve ainda ser dispensado de maneira sustentável,

– É necessário o uso de caixas adequadas para secagem e exposição de carne de sol,

– Curso de boas práticas para os empresários, além do responsável técnico, entre outros.

 

 

 

Deixe uma resposta