Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Semana de Luta Contra as Hepatites Virais começa com programação especial

Semana de Luta Contra as Hepatites Virais começa com programação especial

Campanha contra a hepatite no posto Délio Tupianmbá - Foto: Semuc/PMBVQuem passou em frente à Assembleia Legislativa do Estado, na manhã desta segunda-feira, 28, recebeu informações sobre a “Semana de Luta Contra as Hepatites Virais”, equipes da secreta municipal de saúde entregaram panfletos falando sobre a ação com orientações sobre a doença e fizeram ainda a entrega de preservativos.

O evento promovido pela coordenação de DST/AIDS e hepatites virais, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, chamou a atenção de quem passava pelo local para a importância de se prevenir contra a doença.

“Hoje é considerado o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais pela Organização Mundial de Saúde. Como as hepatites virais são consideradas um grave problema de saúde pública em nosso país e no mundo, a Secretaria Municipal de Saúde planejou essa mobilização, para alertar a população quanto à prevenção, diagnóstico e tratamento da doença”, frisou a o coordenador municipal de DST/AIDS e hepatites virais, Sandro Fernandes.

A programação agora segue nas unidades básicas de saúde do município. Equipes da Estratégia Saúde da Família realizam palestras sobre o assunto para a população, além de testes rápidos, vacinação contra a doença e distribuição de preservativos e material educativo.

As equipes também visitarão salões de beleza em parceria com a vigilância sanitária, com a finalidade de esclarecer e orientar os proprietários sobre os cuidados que se deve ter com os materiais utilizados nos serviços de manicure e pedicure, com intenção de evitar a transmissão da doença. As ações se encerram no dia 1º de agosto.

A aposentada Francisca Alves, 70 anos, foi até o Centro de Saúde Délio Tupinambá, no bairro Nova Cidade, a procura de outros serviços, mas aproveitou para fazer o teste rápido. “Não vim com esse objetivo, mas como estava acontecendo a ação e recebi as informações sobre hepatite, me encorajei para fazer o teste”, disse a aposentada.

 

 

Deixe uma resposta