Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Seis pessoas são presas em flagrante por roubo em Mucajaí

Seis pessoas são presas em flagrante por roubo em Mucajaí

As três mulheres presas - Foto: Ascom/SespUma ação rápida da Polícia Civil em Mucajaí resultou na prisão em flagrante de seis pessoas por roubo qualificado e associação criminosa. Toda a quadrilha foi desarticulada logo depois que dois integrantes invadiram uma loja, renderam as funcionárias com o uso de arma branca e roubaram relógios e dinheiro.

De acordo com informações prestadas pela delegada titular de Mucajaí, Edneia Chagas, a ação para prender os integrantes da quadrilha contou com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Mucajaí.

Ela informou que o crime aconteceu por volta das 19 horas de ontem, 03, na Loja Fama, localizada no Centro de Mucajaí. Dois homens armados com facas, entraram no estabelecimento e renderam duas funcionárias, colocaram as armas no pescoço delas e as obrigaram a entregar os relógios de marca que tinha na loja e o dinheiro que estava no caixa.

O crime ainda estava em andamento quando chegou uma cliente ao local, o que os assustou e eles fugiram levando os objetos. As vítimas acionaram as Polícia Militar e Civil.

A delegada disse ainda que os policiais civis iniciaram as diligências fazendo buscas na cidade para identificar pessoas com as características similares às repassadas pelas vítimas.

“A partir de informações dadas pela própria população que os viram em fuga, os policiais chegaram ao paradeiro deles, numa residência alugada por uma das integrantes do bando. Dentro da casa os policiais prenderam os dois assaltantes e encontraram parte dos objetos roubados e recuperaram também parte do dinheiro. Todos que estavam na residência e que tiveram participação direta ou indireta no crime foram presos em flagrante”, disse.

Prisão

Maykon de Araújo Ramos - Foto: Ascom/SespAdriano de Oliveira Souza - Foto: Ascom/SespTodos os acusados são do Amazonas e chegaram há seis meses em Roraima. O oleiro Maykon de Araújo Ramos, 26 e o auxiliar de servente  Adriano de Oliveira Souza, 21, foram presos em flagrante pelo crime de roubo qualificado e associação criminosa. Eles foram interrogados, confessaram o crime e submetidos a reconhecimento. A delegada informou que as vítimas os reconheceram com 100% de certeza de serem o autores do crime.

Foram presas ainda três mulheres e um homem pelo crime de associação criminosa: A doméstica Andréia Queiroz Sampaio, 39, a doméstica Eliuth Oliveira Costa, 23,  a  manicure Elen de Oliveira Costa, 19 e o desempregado Antônio Anderson Sampaio da Costa, 19, filho de Andréia Sampaio.

A acusada Andréia Sampaio foi quem alugou a casa que abrigava todo o bando. Elen Costa estava em posse do dinheiro, produto do roubo, escondido dentro da roupa da criança que ela tinha no colo, aproximadamente 700,00. Eliuth deu cobertura ao crime tentando impedir a ação dos policiais no momento que tentavam prender os assaltantes.

“Os dois assaltantes confessaram o crime. Não há dúvidas da participação delas, pois a casa em que estavam os bandidos foi alugada por Andréia, o dinheiro do roubo estava na posse de Elen e Eliuth deu cobertura”, disse Edneia Chagas.

Quanto ao acusado Anderson Sampaio, a delegada informou que ele foi reconhecido por uma outra vítima, comerciante local, que há alguns dias atrás teve seu estabelecimento roubado, de onde foram levados aparelhos de telefones celular e ainda R$ 1.800,00 em espécie. Ele foi autuado em flagrante por associação criminosa e vai ser indiciado pelo de roubo qualificado ocorrido contra a outra vítima.

A delegada disse ainda que a quadrilha se estabeleceu em Roraima com o propósito de praticar crimes na região de Mucajaí, mas foi desarticulada. Ela disse ainda que as investigações vão revelar se eles tiveram participação em outros crimes.

Os seis acusados serão encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), onde passarão por exame de delito e posteriormente encaminhados à Penitenciária Agrícola de Monte Cristo.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta