Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Polícia | Segurança recebe Estados para curso de Análise de Inteligência

Segurança recebe Estados para curso de Análise de Inteligência

Foto: Raimundo Lima

Profissionais que atuam na Segurança Pública de outros Estados, além de Roraima, participam a partir de hoje (19), do Curso de Análise de Inteligência – Nível Produção do Conhecimento, parceria da Sesp (Secretaria Estadual de Segurança Pública) com a CGI (Coordenadoria Geral de Inteligência), da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), e Ministério da Justiça. O curso acontece no auditório da secretaria.

A capacitação tem duração de uma semana e a intenção é produzir conhecimento para subsidiar a tomada de decisões dos gestores da Segurança Pública dos Estados envolvidos e também, integrar as instituições que compõem o Sisp (Subsistema de Inteligência de Segurança Pública), qualificando os agentes de inteligência, já iniciados na Doutrina Nacional de Inteligência.

Na abertura, a secretária adjunta de Segurança Pública, Hayddê Magalhães, destacou a importância da qualificação. “Essa iniciativa é muito importante, pois sem capacitação não vamos a lugar nenhum. As coisas estão mudando e notadamente à atividade de inteligência se faz com lealdade, comprometimento, retidão e oportunidade. Nada adianta a qualificação extremada se o ser o humano não tiver dentro desses princípios”, pontuou.

André Tempone, representante da Senasp e um dos instrutores do curso, explicou que os aspectos principais do trabalho desenvolvido em Roraima, serão fortalecidos na integração entre as instituições e forças policiais após essa capacitação.

“Hoje vivemos em outro tempo, onde a conexão direciona todas as ações do Estado. Não podemos trabalhar com inteligência sem trabalhar com integração”, concluiu.

Na solenidade, o superintendente da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Emerson Assunção, ressaltou a política de integração como forma de prevenir e combater o inimigo em comum, à criminalidade. “O Estado fortalecido pelas ações de inteligência é um compromisso. Roraima tem se firmado como protagonista dessa política”, afirmou.

Também estiveram presentes na abertura do curso o coronel do Corpo de Bombeiros, Claudio Amaral, o chefe de operações da Inteligência da Sesp, Nivaldo Matias, o capitão do Exercito, Hederson França, o delegado da Polícia Federal, Frederico Ferreira e o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Reginaldo Conrado.

Andrielly Lima

 

Deixe uma resposta