Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Polícia | Segurança Pública: reunião discute ações do Sistema de Inteligência Integrada

Segurança Pública: reunião discute ações do Sistema de Inteligência Integrada

Coronel Paulo César – Foto: Fernando Oliveira

Foi realizada na tarde desta terça-feira, 18, na sala de reuniões da Sesp (Secretaria Estadual de Segurança Publica) a primeira reunião para discussão e planejamento de ações entre representantes das instituições de inteligência estaduais e federais que compõem o Sistema de Inteligência Integrada de Segurança Pública de Roraima.

Participaram do encontro, as agencias que trabalham com inteligência de segurança, como Polícia Civil, Policia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Exército, Aeronáutica Tribunal de Justiça e Ministério Público.

De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública, coronel Paulo César, foi criado um conselho que vai gerir o Sistema Integrado de Inteligência. “O papel do conselho é de debater, discutir e planejar as ações dos órgãos de segurança de acordo com a peculiaridade e atribuição de cada órgão dentro do ponto de vista legal. Nós vamos direcionar ações em questões mais urgentes”, frisou Paulo César.

Além disso, o secretário destacou ainda a importância do compartilhamento de informações de natureza da segurança pública entre os parceiros. “Foi deliberado entre os presentes na reunião que haverá outros encontros de pelo menos duas vezes ao mês. É importante que compartilhemos informações para que as instituições não atuem de forma isolada, somando sempre”, ressalta César.

O diretor do departamento de inteligência da Sesp, Ricardo Pedrosa Alves, disse que a reunião dá efetividade ao decreto nº 22.414-E, do dia 09 de Janeiro de 2017. “Foi criado e coordenado pelo secretário, que delibera a respeito das atividades a ser desenvolvidas pelo sistema de segurança do Estado. E o decreto veio fortalecer essa integração”, disse Pedrosa.

Decreto

Para fortalecer as ações da polícia comunitária no Estado, a governadora, Suely Campos, publicou no último, dia 9, no DOE (Diário Oficial do Estado) o decreto nº 22.414-E, que implementa a filosofia de Polícia Comunitária e de direitos humanos envolvendo outros órgãos que compõem o sistema de segurança pública e defesa social do Estado de Roraima. Além disso, estabelece as áreas de responsabilidade territorial das unidades da Polícia Civil e da Polícia Militar, e dá outras providências.

A medida publicada vai proporcionar em 2017, mais parcerias entre a polícia comunitária, sociedade e órgãos públicos. A parceria está voltada diretamente à solução dos problemas nos locais de atuação policial, com o apoio de órgãos estaduais, municipais, privados e lideranças comunitárias.

O decreto redimensiona a área territorial de atuação do Comando, equilibrando a área geográfica, a qual ficou dividida entre dois batalhões. Cada batalhão ficará responsável por três áreas de atuação, que possuem uma média de 50 mil habitantes.

Wesley Olieira

 

Deixe uma resposta