Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | São Luiz do Anauá: hospital passa por melhorias durante força-tarefa

São Luiz do Anauá: hospital passa por melhorias durante força-tarefa

O Hospital Francisco Ricardo de Macedo, em São Luiz do Anauá, está recebendo uma força-tarefa que envolve todos os servidores da unidade, a fim de realizar as melhorias apontadas pelo Departamento de Vigilância Sanitária (DVS), em vistoria realizada final do mês passado. Com isso, a intenção é que a unidade volte a funcionar normalmente ainda neste mês.

Diante da situação de emergência em que se encontra a saúde pública em Roraima, as comissões iniciaram as ações para promover melhorias e após uma vistoria feita pelo DVS no hospital, no último dia 28 de maio, houve a deliberação pela suspensão temporária de parte dos serviços ofertados. Desde o início do mês, a área foi liberada para os trabalhos de manutenção e reparos necessários.

Enquanto as melhorias são implementadas, a população do local não está desassistida. Os casos de emergência continuam sendo atendidos, enquanto os serviços eletivos, considerados menos urgentes, estão sendo redirecionados para a unidade Mista de São João da Baliza, distante 16 quilômetros do município, ou ainda para o Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto, em Rorainópolis, a 82 quilômetros da unidade.

A Central de Material Esterilizado (CME) foi equipada e já dispõe de uma autoclave, conforme a orientação da vigilância sanitária. Além disso, o departamento recomendou algumas melhorias na estrutura física da unidade, que estão servindo de orientação para a reforma.

O diretor do Núcleo de Apoio ao Interior, Erich Volney Berger, explicou que, imediatamente após a suspensão dos serviços, uma força-tarefa foi enviada ao município, onde três empresas terceirizadas também estão atuando com obras na parte elétrica, pintura e instalação de equipamentos como pias de lavatório e de limpeza de equipamentos. “Devido à complexidade da demanda, a ação também envolve o município no processo de readequação estabelecido pela Vigilância Sanitária”, pontuou.

Dentre as ações já realizadas, estão os serviços de pintura da movelaria, reforma da sala de emergência, sala de curativo, além das cinco enfermarias e da atual sala de parto, que será transformada em sala PPP (pré-parto, parto e puerpério).

Colchões hospitalares foram adquiridos pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) para serem distribuídos para todas unidades do interior.

A previsão é que na próxima semana, a reforma seja concluída pela empresa. Depois disso será realizada a limpeza do prédio para que, no dia seguinte, os móveis sejam colocados de volta para reorganização da estrutura da unidade. Após conclusão dos trabalhos, a unidade será submetida à nova inspeção pelo DVS e, caso atestado o atendimento das recomendações, a unidade fica apta a funcionar normalmente.

 

 

Deixe uma resposta