Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Saneamento: Caerr libera ligação do esgoto em mais sete bairros

Saneamento: Caerr libera ligação do esgoto em mais sete bairros

Até o momento a Caerr operacionaliza a rede de esgoto em 41 bairros na Capital – Fotos: Ascom/Caerr

O Governo de Roraima segue com a execução das obras de saneamento básico previstas para 2017 em Boa Vista. Moradores dos bairros Pricumã, Tancredo Neves, Liberdade, Asa Branca, Raiar do Sol, Nova Cidade e Bela Vista já começaram a receber as cartas informativas da Caerr (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) sobre a disponibilidade da rede. De 2015 até hoje já foram investidos mais de R$ 12 milhões em obras desse porte.

Expandir o esgotamento sanitário atende a proposta de gestão da governadora Suely Campos de levar mais saúde para as famílias roraimenses, protegendo os lençóis freáticos do Estado, com a eliminação do uso de fossas sépticas. “Estamos trabalhando para levar mais saúde para a nossa população”, complementou a governadora.

Até o fim de 2018, a meta é atender 93% da Capital com a rede de esgoto. Atualmente, dos 55 bairros de Boa Vista, 41 são atendidos: 22 bairros contam com 100% de rede, outros 19 são atendidos parcialmente e 11 estão recebendo obras.

As obras de esgotamento são executadas pela Seinf (Secretaria Estadual de Infraestrutura) e repassadas para a Caerr, que inicia o trabalho de operacionalização do serviço.

“A abrangente cobertura de esgoto e o fornecimento de água potável para 98% da população colocam nossa Capital entre as 100 melhores cidades em saneamento básico do país. Se lembrarmos que temos mais de 5 mil municípios no Brasil, estamos muito bem colocados e queremos avançar ainda mais, levando essa infraestrutura também ao Interior”, disse Danque Esbell, presidente da Caerr.

Acesso

Depois de receber a obra de esgoto sanitário, a Caerr encaminha cartas ao usuário, informando de que é possível fazer a ligação da rede de esgoto e que ele terá um prazo de 30 dias para se adequar e ter ciência de que a cobrança passará a ser feita.

O Governo constrói a rede, a ligação e a caixa de inspeção, que fica na calçada da residência e serve como ponto de espera do esgoto. Ao receber a carta, o morador deve fazer a ligação dos banheiros e pias da cozinha, direcionando o material para a caixa de inspeção. “A partir daí a empresa passa a fazer a manutenção na rede, limpeza dos poços de visita e o tratamento do esgoto final na Lagoa de Estabilização”, explicou Alexandre Abrão, Gerente de Esgoto da Caerr.

Cuidados

A Companhia alerta para os cuidados que a população deve ter com a rede de esgoto para evitar o comprometimento da mesma. A rede coletora é feita para receber apenas esgoto.

Segundo Esbell, as caixas de gorduras devem receber limpeza frequente, principalmente nos restaurantes para que a rede não seja comprometida e venha causar transtornos. “É importante que o cidadão esteja consciente de que essa rede não pode ser utilizada para a canalização da água que cai do telhado ou que fica no terreno, pois se forem feitas essas canalizações, poderá ocorrer o comprometimento da rede”, alertou.

 

Deixe uma resposta