Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Rorainópolis recebe equipe da Saúde Itinerante neste sábado

Rorainópolis recebe equipe da Saúde Itinerante neste sábado

A expectativa é atender 700 pessoas em oito especialidades - Foto: Ascom/Sesau   A segunda rodada de ações de Saúde Itinerante, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), já beneficiou os municípios de Pacaraima, São Luiz e Amajari. O próximo a receber pela segunda vez a equipe de médicos especialistas é Rorainópolis. A ação será realizada neste sábado, 2, na escola municipal Idelmar Pereira Figueredo, a partir das 8h. A expectativa é de realizar aproximadamente 700 atendimentos na região.

Localizado no sul do estado, a 321 km de Boa Vista, o município tem uma população de aproximadamente 24 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Sendo um dos municípios mais afastados da capital, a população que necessita de consultas especializadas, passa por uma grande logística até chegar a capital em busca de atendimentos.

De acordo com o técnico do Departamento de Políticas de Saúde Itinerante (DPSI), Gilberto Alencar, para facilitar este acesso à saúde é que o DPSI da Sesau realiza os mutirões nos municípios. “A ideia é de até o final do ano, retornar com os atendimentos especializados em todo o interior do estado”, disse.

Para a ação de Rorainópolis, oito especialidades serão disponibilizadas aos moradores: oftalmologia, pediatria, dermatologia, urologia, cardiologia, ginecologia, ultrassonografista e clínica geral. Além das consultas, os pacientes também terão acesso a exames especializados, caso seja solicitado pelo médico, entre eles: ultrassonografia, campimetria e eletrocardiograma. Exames mais simples como aferição de pressão e glicemia também serão ofertados.

Para complementar as consultas oftalmológicas, uma ótica conveniada ao SUS estará no mutirão para tirar as medidas dos pacientes que forem diagnosticados com a necessidade do uso de óculos. Após o prazo de 40 dias, a equipe da Sesau retorna a região para entregar os óculos demandados na ação.

Uma farmácia básica também estará à disposição da população. Os pacientes que precisarem de algum medicamento e tiverem o pedido do médico em mãos, poderão retirar os remédios no momento da ação. Para Alencar, isto garante que o início do tratamento não seja tardio ou até mesmo deixe de ser iniciado, pois o paciente não vai precisar esperar ter possibilidade para comprar o medicamento. “Eles sairão da ação com todo o suporte para iniciar o tratamento”, disse, reiterando que o objetivo da ação é facilitar o acesso aos serviços e às especialidades de saúde.

Na ação, a Coordenação-Geral de Regulação, Avaliação e Controle levará o serviço de emissão do Cartão do SUS. O técnico lembra que no primeiro ciclo de visitas do ano nos 14 municípios de Roraima, foram realizados cerca de 18 mil atendimentos e procedimentos. “A intenção é que até o final de 2014, os municípios recebam a segunda visita”, enfatizou Alencar, lembrando que com base no novo cronograma, a ideia é atender dois municípios por mês.

 

 

 

Deixe uma resposta