Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Política | Romero Jucá diz que nova etapa do MCMV vai gerar 200 mil empregos

Romero Jucá diz que nova etapa do MCMV vai gerar 200 mil empregos

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) participou nesta segunda-feira, 6, da cerimônia de lançamento das novas regras do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), cuja principal mudança é ampliação de acesso ao programa para as famílias com renda mensal de até R$ 9 mil.

“Uma das prioridades do governo do presidente Michel Temer é a retomada do crescimento do emprego. A previsão é que teremos 200 mil empregos só com a efetivação dessas unidades”, disse. De acordo com as novas regras, Na faixa 1,5, o teto passa de R$ 2.350 para R$ 2.600. Na faixa 2, o limite sobe de R$ 3.600 para R$ 4.000. Na faixa 3, que contempla financiamentos com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), o teto aumenta de R$ 6.500 para R$ 9.000.

A terceira etapa do programa prevê a contratação de 610 mil unidades, das quais 170 mil estão na faixa 1,5, aquela com renda até R$ 2.600,00. Para as faixas 2 e 3, a meta é de contratação de 400 mil unidades. De acordo com as novas regras, há o aumento do teto do valor dos imóveis que podem ser enquadrados no programa nas operações do FGTS pelo INCC (6,67% sobre a tabela vigente). Para os futuros compradores com renda entre R$ 7 mil a R$ 9 mil, o valor do imóvel será acrescido em 25%.

As medidas anunciadas hoje ampliam em R$ 8,5 bilhões o volume de recursos de financiamento e subsídios destinados à habitação. O montante passa de R$ 64,4 bilhões para R$ 72,9 bilhões. A maior parte dos subsídios, de R$ 1,2 bilhão, será do FGTS. A União responde por R$ 200 milhões em subsídios.

Deixe uma resposta