Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | Quadrihas juninas abrilhantam tablado e encerram apresentações

Quadrihas juninas abrilhantam tablado e encerram apresentações

Quadrilha Forrozão caipira encantou o público - Foto: Marcos LimaCom muito brilho e arrasta-pé, as quadrilhas juninas agitaram o maior arraial da região Norte na última noite de apresentações. A apuração das notas será nesta sexta-feira, 27, às 15h, na Praça do Centro Cívico e o resultado será divulgado no mesmo dia. As quadrilhas campeãs se reapresentarão no sábado, 28, última noite doBoa Vista Junina.

Nesta quarta-feira, 25, a primeira a subir no tablado foi a quadrilha do Grupo de Acesso, Xamego Caipira com o tema “Sou caipira, sou filha da sociedade”. Três figuras de grande importância na história da cultura roraimense foram homenageadas: o músico Simpatia, o senhor Marreta e o mestre Laucides Oliveira. Na apresentação, a quadrilha levou ao palco as viúvas de Laucides e Marreta como forma de prestigiá-los.

Após esta, o grupo Folclórico Focalypse mostrou muito gingado com músicas do ritmo do calypso. Trazendo o tema “Violência no Trânsito”, visando passar a mensagem de paz aos que prestigiaram o evento, a quadrilha Agitação Caipira destacou-se no tablado com a encenação do trânsito urbano, com placas, carros e semáforo.

A quadrilha Forrozão Caipira, que também disputou vaga no Grupo de Acesso, caprichou na apresentação cujo tema foi dedicado ao brasileiro tricampeão mundial de fórmula 1, Ayrton Senna: “Nos 20 anos da Forrozão, sou piloto de emoção”. Capacetes, roupas de piloto, vestidos coloridos e um personagem do “Senninha” abrilhantaram o cenário produzido pelo grupo.

“Senna foi um grande ídolo. Nossa intenção não é retratar a tristeza, mas prestar homenagem a esse grande homem que trouxe muita alegria a todos nós, unindo isso ao aniversário da nossa quadrilha”, frisou o coordenador da quadrilha, Emanoel Vienance.

A última do Grupo de Acesso a se apresentar foi a Macedão. Sua entrada com 25 casais foi marcada com um trem simbólico, representando o tema da quadrilha “O trem do forró”. Xaxado, baião e muito forró marcaram a apresentação.

Iniciando o Grupo Especial, a Explosão Junina chegou com grande estilo, mostrando um cenário montado, separado em dois mundos que reproduzia as danças africanas relacionadas ao tema “O ritmo Africano nesse Arraiá”. Sob nova direção, a Explosão Caipira aqueceu as arquibancadas.

Finalizando as apresentações de quadrilhas, a Coração Caipira, do grupo Especial, trouxe ao tablado um tema surpresa “Nos 10 anos de São João, qual é o tema Coração”. A quadrilha representou o “jogo de azar”, mostrando as consequências do vício do jogo, ambições, mas também a oportunidade de mudança. A história emocionou e animou o público que assistiu atenciosamente ao espetáculo.

Após o encerramento da competição, o cantor Fábio Guilherme e banda continuaram com a festança, embalando o público com o ritmo arrocha.

Troféus 

Para homenagear os jurados da bancada regional e agradecer a presença daqueles que vieram de outros lugares do Brasil, a Prefeitura de Boa Vista entregou troféus a eles, agradecendo pela participação e contribuição no júri das quadrilhas juninas.

Cinco jurados de outros estados brasileiros marcaram presença: Neném Cabral, Ruth Santana, Daniel Costa, Júnior O’hara e Marlene Ozunel. Os demais da região são: Márcia Seixa, Isabel Santos, José Rudiger e Márcio Sergino.

 

 

Deixe uma resposta