Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Projeto Visão para o Povo levará atendimento especializado para pacientes do Interior

Projeto Visão para o Povo levará atendimento especializado para pacientes do Interior

Inicialmente serão atendidos pacientes dos municípios de Mucajaí, Iracema, Caracaraí, Rorainópolis, Cantá e Pacaraima - Foto: Secom-RR

Inicialmente serão atendidos pacientes dos municípios de Mucajaí, Iracema, Caracaraí, Rorainópolis, Cantá e Pacaraima – Foto: Secom-RR

A Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) pretende otimizar a prestação de serviços nas áreas especializadas, como o atendimento de Oftalmologia por exemplo. Para alcançar o resultado, foi criado o projeto “Visão para o Povo”, que será implantado a partir da próxima semana, no Interior do estado, começando pela região Sul. Inicialmente serão atendidos pacientes dos municípios de Mucajaí, Iracema, Caracaraí, Rorainópolis, Cantá e Pacaraima.Conforme o secretário estadual adjunto de Saúde, César Penna, a proposta é diminuir a demanda reprimida da Capital. “A população do Interior merece atenção especial, são pessoas que nem sempre tem como se deslocar até Boa Vista e quando precisam vir, enfrentam o transtorno de ter que retornar sem o atendimento, uma vez que para a realização dos procedimentos é necessário no mínimo, passar pela consulta e exames clínicos, o que demanda tempo e espera e é isso que precisa ser corrigido”, esclareceu.

Após um levantamento na rede estadual foram confirmadas, por meio de dados estatísticos, as deficiências oculares enfrentadas já no período da adolescência e a constatação de que, por causa das dificuldades de acesso, o volume de atendimento de demanda reprimida na especialidade de Oftalmologia é muito grande, o que causa uma sobrecarga do serviço prestado pelo Hospital Coronel Mota, que funciona como referência.

“E para mudar essa realidade foi criado o projeto que tem a finalidade de otimizar a prestação desse serviço e diminuir essa sobrecarga e a demanda reprimida, para que o trabalho seja realizado da melhor forma possível”, explicou Penna.

Segundo a coordenadora geral da CGUE (Coordenadoria Geral de Urgência e Emergência), Helenira Macedo, as atividades iniciarão a partir do dia 10 de maio. “Essa nova proposta será possível porque temos os especialistas na rede e com o projeto será possível atender entre 60 e 80 usuários por dia, nos próprios municípios, seguindo um cronograma de visitas sempre nos fins de semana”, salientou.

Cronograma

O projeto Visão para o Povo será executado sempre nos fins de semana, com exceção dos municípios de Mucajaí, Iracema e Caracaraí, onde os atendimentos serão feitos durante a semana, provavelmente na quinta e sexta-feira. “Esperamos com essa novidade melhorar a prestação do serviço, e já queremos ainda no início do segundo semestre ampliar o projeto e atender os demais municípios. Sabemos que o desafio é grande, mas nossa proposta é levar o projeto para todo o interior e planejar uma segunda etapa com outras especialidades, ou seja, garantir um atendimento cada vez mais amplo e humanizado na área de saúde”, esclareceu Penna.

 

Deixe uma resposta