Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | Projeto Crescer apresenta minicidade de trânsito na Praça das Águas

Projeto Crescer apresenta minicidade de trânsito na Praça das Águas

A intenção foi conscientizar as crianças sobre as atitudes corretas nas ruas da cidade – Fotos: Semuc/PMBV

A Praça das Águas foi o primeiro ponto escolhido para receber a minicidade construída pelos integrantes da oficina de trânsito do Projeto Crescer. A estrutura montada na praça no sábado, 11, foi um atrativo a parte para a criançada, que além de receber dicas de como trafegar nas ruas, também assistiram ao teatro de fantoches e vídeos com o intuito de reforçar a educação por um trânsito mais seguro.

A minicidade foi construída com materiais recicláveis como: lona, sobras de compensados, ferros, mdf e tubos. Alguns materiais foram doados por outras oficinas do projeto, como por exemplo, as oficinas de Serralheria e Marcenaria. Para o idealizador do projeto, o gerente da oficina de trânsito do núcleo Calungá, Gleison Gomes, o intuito é ensinar as crianças, de forma lúdica, como funciona o trânsito da cidade, as sinalizações, as leis e fazer com que elas sejam multiplicadoras, levando estes conhecimentos para casa.

“Sempre idealizamos na oficina algo que viesse atender as crianças 100% nas dicas de segurança. O objetivo é fazer com que elas vivenciem situações como motoristas, onde começamos a trabalhar a conscientização no trânsito como o uso do cinto, o respeito à sinalização, compartilhar a via com outros motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres. Desde pequenos já vão aprender como se comportar no trânsito”, explicou.

Para a dona de casa Patrícia Alvarenga, a Praça das Águas é o local ideal para o passeio em família aos finais de semana. Encantada com o que viu, ela declarou o quanto estas ações são importantes para introduzir nas crianças os princípios básicos, como respeito, educação, amor à vida, cuidado e zelo pelo próximo.

“Achei um projeto muito bonito e importante para as crianças. É de pequenininho mesmo que a gente ensina os princípios básicos de segurança no trânsito. Com esse estimulo visual, a pista, os carrinhos, de certa forma, acabam chamando mais atenção deles e a participação é mais efetiva do que passar só um vídeo, mostrar figuras numa revista. Acredito que eles aprendem muito mais participando assim”, declarou.

A intenção é levar a minicidade a duas praças por mês e a todas as escolas municipais que receberem a Oficina de Educação para o Trânsito. Para Ronaldo dos Santos, 18, um dos integrantes que participou do processo de construção da minicidade, declarou a satisfação de ver as crianças se divertindo em um projeto idealizado por seu professor e construído por ele e seus colegas.

“A ideia do professor Gleison deu muito certo, por que facilitou o nosso trabalho de orientação às crianças, que agora além da teoria temos a prática também. As crianças aprendem brincando, como atravessar uma faixa com segurança, como parar o carro na faixa e nos semáforos, aprendem sobre as sinalizações horizontais e verticais. Me sinto hoje realizado e com um sentimento de dever cumprido”, frisou o jovem.

Ceiça Chaves

 

 

Deixe uma resposta