Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | Profuncionário: Programa forma 76 servidores da educação

Profuncionário: Programa forma 76 servidores da educação

A formatura ocorreu no forródromo do Parque Anauá - Foto: Elinaldo Santos

A formatura ocorreu no forródromo do Parque Anauá – Foto: Elinaldo Santos

“Gestão de qualidade para oferecer uma educação de qualidade”. Com esta declaração a secretária estadual de Educação e Desportos, Selma Mulinari, deu início à solenidade de formatura de 76 servidores da educação que concluíram cursos técnicos por meio do programa Profuncionário, executado pelo Governo do Estado. A solenidade ocorreu na noite desta sexta-feira, 17, no forródromo do Parque Anauá.

O programa Profuncionário é do Governo Federal, sendo coordenado e executado pelo Governo Estadual, atendendo também os municípios. Nesta etapa, foram seis turmas de formandos, dos cursos de Secretaria Escolar, Alimentação Escolar e Meio Ambiente e Manutenção da Infraestrutura Escolar, totalizando 905 servidores capacitados, até o momento, pelo programa.

Para a secretária Selma Mulinari, educação se faz em todo o âmbito escolar, sendo necessária a qualificação não apenas dos professores, mas também de todo quadro funcional da escola, tendo em vista que uma equipe coesa só pode lograr resultados de excelência. “Desta forma a nossa gestão irá acontecer, tendo sempre o servidor da educação como fundamental para o processo de desenvolvimento do nosso Estado. Iremos trabalhar em prol de uma educação forte, para termos um estado forte”, enfatizou.

O graduando do curso de Secretaria Escolar, Hernilton Ferreira, afirmou que a capacitação veio para aperfeiçoar o trabalho já realizado. Para ele, a teoria recebida no curso, juntamente com a prática exercida no dia a dia, resulta na disponibilização de serviços de qualidade, otimizando o tempo e aumentando a produtividade não apenas no que tange ao quantitativo, mas também ao qualificativo.

Já Francisco Lúcio Carvalho, formando do curso de Alimentação Escolar, destacou a importância da capacitação, em relação a união da prática e da teoria. Segundo ele, aprender sobre manuseio de alimentos, elaboração de cardápio, higiene e aproveitamento de produtos regionais foram de suma importância para a função. “Hoje trabalho com segurança, sabendo exatamente o que fazer, quando fazer e como fazer. É maravilhoso ter conhecimento e usar para servir os alunos e corpo pedagógico e técnico de nossas escolas. Somos parte do processo de formação e desenvolvimento do Estado, e isso é muito gratificante”, afirmou.

A diretora do Ceforr (Centro de Formação dos Profissionais da Educação de Roraima), Eliane Melo, explicou que o programa Profuncionário é desenvolvido pelo órgão, que é um braço da Secretaria Estadual de Educação e Desportos. Ela frisou que depois de um ano e meio, os 76 servidores da educação são apresentados aptos a desenvolverem os trabalhos relativos ao curso que concluíram. “Temos confiança nesses profissionais que retornam ao mercado de trabalho com uma qualificação diferenciada, tendo recebido todo incentivo e conteúdos necessários para o bom desempenho de suas funções nas escolas onde atuam”, ressaltou.

No momento, a direção do Ceforr está realizando um levantamento para identificar os servidores que ainda não foram capacitados, para então abrir novas turmas que atendam os 15 municípios de Roraima. A ideia é qualificar a prestação de serviço na educação pública e proporcionar progressão funcional aos participantes.

Neuraci Soares

 

Deixe uma resposta