Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Produtos da agricultura familiar dão mais sabor à merenda escolar

Produtos da agricultura familiar dão mais sabor à merenda escolar

Cardápio atual atinge 800 calorias - Foto: Andrezza MariotPara auxiliar no desenvolvimento das crianças, a Prefeitura de Boa Vista está investindo na qualidade da merenda escolar. As 98 cantinas de escolas municipais recebem frutas, verduras, hortaliças, leite e produtos derivados por meio da agricultura familiar. Todas as refeições são preparadas pelas merendeiras na própria escola, e atendem aproximadamente 35 mil alunos.

O cardápio das escolas é elaborado por nutricionistas do município, que priorizam ingredientes para garantir uma refeição nutritiva e saudável. Entre as várias receitas estão pratos como risoto de frango com abóbora, couve refogada, carnes, salada, além de melancia, abacaxi, mamão, banana, geleia de frutas, iogurte e sucos naturais.

A nutricionista, Talita Nascimento, destaca a importância da alimentação de qualidade nas escolas. “Nós recebemos algumas crianças que não fazem todas as refeições diárias em casa, por isso, ao invés de um simples lanche, servimos um cardápio reforçado. Alimentos de qualidade favorecem o crescimento tanto no aspecto físico, como o intelectual dos alunos”, explicou.

O cardápio que antes continha, em média 300 calorias por dia, atualmente atinge 800, um número próximo ao recomendado para atender a necessidade nutricional diária de uma criança, que é de mil calorias. “O período em que o aluno permanece na escola deve ser prazeroso e completo. A alimentação de qualidade também faz parte do processo de aprendizagem”, afirmou a prefeita Teresa Surita.

As cantinas das escolas mais antigas estão sendo reformadas para garantir um ambiente melhor. Além disso, as merendeiras participam de um curso sobre manuseio de alimentos. O curso ministrado por uma culinarista ensina como aproveitar todos os ingredientes para evitar o desperdício.

Recursos 

As refeições servidas nas escolas são financiadas em parte pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar. O programa determina que até 30% dos recursos repassados sejam utilizados para a compra de produtos de agricultura familiar.

 

 

Deixe uma resposta