Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Procon Assembleia notifica agência do BB de Mucajaí após denuncia

Procon Assembleia notifica agência do BB de Mucajaí após denuncia

Caixa eletrônico – Foto: Aldirene Souza

Após receber reclamação sobre a má prestação de serviço aos consumidores pelo Banco do Brasil no município de Mucajaí, a 55 quilômetros de Boa Vista, o Procon Assembleia encaminhou notificação à agência daquele município, solicitando informações sobre o atendimento local e dando prazo de 10 dias para que a instituição apresente esses dados. A informação é do diretor do órgão, Lindomar Coutinho.

A iniciativa tem como base uma denúncia do vereador Ateilton Pereira da Silva (PSDC), mais conhecido como Teo, que apresentou ofício detalhando os problemas enfrentados pelos moradores de Mucajaí e da região. Segundo ele, “desde o ano passado, o Banco do Brasil tem deixado faltar dinheiro nos caixas eletrônicos e no atendimento interno nos caixas”. “Isso ocorre com mais frequência aos finais de semana e em datas próximas ao período de pagamento. Também é comum ocorrer em feriados prolongados e até 10 dias depois do pagamento dos servidores”, reclamou.

Conforme Teo, a situação gerou um impacto financeiro negativo porque os moradores de Mucajaí, sem conseguirem sacar o salário, viajam para Boa Vista com esta finalidade, e por já estarem na capital, fazem as compras no mercado boa-vistense e praticamente não deixam o dinheiro circulando na cidade onde moram.

Lindomar Coutinho – Foto: Platão Arantes

O vereador destacou ainda que falta papel para impressão dos comprovantes de saque e extratos em geral e que não é cumprida a Lei Municipal número 325/2011, que estabelece o tempo de espera nas agências bancárias. “Também não há um funcionário para direcionar os clientes ao atendimento pretendido e tirar dúvidas”, disse.

O parlamentar afirmou que no dia 20 de fevereiro protocolou um documento na gerência do Banco do Brasil em Mucajaí, pedindo providências, mas até agora não teve nenhuma resposta.

O diretor do Procon, Lindomar Coutinho, disse que “através da notificação encaminhada pelo órgão, o Banco do Brasil deverá tomar suas providências e serviços prestados”. “Não temos dúvida que essa demanda será atendida, até porque o próprio Banco fica desassistido com relação a essas informações. Isso serve de alerta para outras agências também em outros municípios para que possam prestar serviço de qualidade”, disse.

O vereador Teo também apresentou denúncias no Ministério Público Estadual e garante que essas queixas são de toda a população que tem procurado a Câmara Municipal de Mucajaí pedindo ajuda e também reclamado nas redes sociais. “O presidente da Câmara, vereador Joelson Costa e outros parlamentares”, disse.

Shirleide Vasconcelos

 

 

Deixe uma resposta