Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Procon Assembleia dá dicas para quem vai comprar ovos de Páscoa

Procon Assembleia dá dicas para quem vai comprar ovos de Páscoa

Ovos de Páscoa – Fotos: Charles Wellington

Pesquisar com antecedência, pedir a nota fiscal e ficar atento às informações dos rótulos são algumas das dicas do Procon Assembleia para quem vai comprar ovos de Páscoa. O órgão de defesa do consumidor ligado à Assembleia Legislativa de Roraima também orienta aos clientes que fiquem em alerta quanto à indicação do peso líquido que consta na embalagem, o qual deve estar claro.

É que o peso deve se referir à quantidade de chocolate. Desta forma, ficará fora do peso os brindes que acompanham o produto principal, no caso o chocolate, e a embalagem sofisticada. “É importante o consumidor começar com a pesquisa de preço e observar alguns itens nas embalagens como peso, validade do produto, qualidade, enfim, uma série informações. Outra coisa que recomendamos e que não compre o ovo de páscoa por impulso, porque essas ofertas induzem o consumidor a comprar algo desnecessário”, explicou o diretor do Procon, Lindomar Coutinho.

A servidora pública Laina Rocha da Silva vai comprar três ovos de Páscoa este ano para presentear familiares. Ela já fez uma pesquisa de mercado observando preço, qualidade e o tamanho.

Lindomar Coutinho

Laina começou comprando um ovo de páscoa de fabricação caseira para presentear a sobrinha. Ocorre que os ovos feitos em casa não trazem as especificações de peso e valores nutricionais como os industrializados.

Neste caso, o Procon ressalta que a responsabilidade do comerciante, seja ele artesanal ou industrial, são as mesmas estabelecidas nas relações consumeristas. “A responsabilidade de quem fabrica os ovos caseiros é a mesma que as das grandes marcas. O ideal é que o consumidor conhecesse o local, a cozinha onde é fabricada. Mas se esse produto vier a causar algum dano à saúde do consumidor, a responsabilidade é a mesma”, reforçou, ao salientar que o consumidor que se sentir prejudicado, deve acionar o Procon por meio do número 151.

Depois de conhecer as dicas do Procon Assembleia, Laina disse que vai observar melhor as recomendações nos dois ovos de páscoa que ainda pretende adquirir este ano. “Olha, nunca parei para observar esses detalhes de peso, se o peso do brinde está embutido no produto. Mas a partir de agora ficarei mais atenta”, ressaltou.

Marilena Freitas

 

 

Deixe uma resposta