Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Prefeitura de Boa Vista investe no processo de informatização das unidades de saúde

Prefeitura de Boa Vista investe no processo de informatização das unidades de saúde

Atendimento informatizado no C.S. Asa Branca - Foto: Marcos Lima Visando melhorar o atendimento à população, a Prefeitura de Boa Vista deu início ao trabalho de informatização nas unidades básicas de saúde. A primeira a receber o Prontuário Eletrônico do Cidadão (E-SUS-PEC) foi o Centro de Saúde Asa Branca.

Com a utilização desse sistema, todos os atendimentos passam a ser informatizados, desde a marcação da consulta até o atendimento com o médico. O profissional também pode acompanhar o histórico de atendimento do paciente. Tudo é interligado com a Secretaria Municipal de Saúde e com o Ministério da Saúde, que recebem diariamente a relação de todos os atendimentos e procedimentos feitos na unidade.

“O Centro de Saúde Asa Branca é uma unidade piloto, vai servir de referência para a implantação do sistema nas demais unidades”, explicou o chefe do núcleo de Inclusão Digital da Secretária Municipal de Saúde, Renato Lacerda.

Ao chegar à unidade, o paciente confirma o atendimento na recepção e em seguida passa pelo técnico de enfermagem. Essa etapa é chamada de triagem, na qual é feita a aferição da pressão, da temperatura, pesagem e medição da altura. Posteriormente os dados são anexados ao prontuário do paciente e ficam disponíveis para o médico, que pode verificar todo processo pelo qual o usuário passou desde o primeiro atendimento recebido na unidade.

“Devido ao cadastro dos usuários conterem todos os dados pessoais, se um paciente faltar é possível agendar outro com mais rapidez e se acontecer algum imprevisto com o médico os pacientes são remanejados para uma nova data”, disse o diretor do Centro de Saúde, Freddy Azevedo.

Outra vantagem do sistema é que a receita e o atestado são impressos com as informações do paciente e o número do cartão do SUS. “Essa é mais uma forma de garantir a legitimidade do atestado médico. O atendimento ficou melhor e mais humanizado”, destacou o diretor.

 

 

 

Deixe uma resposta