Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Parto normal: Gestantes de São Luiz recebem sala totalmente equipada

Parto normal: Gestantes de São Luiz recebem sala totalmente equipada

A sala tem os equipamentos necessários para realizar um parto normal, garantindo no município a assistência ao parto de baixo risco - Foto: Divulgação /DSPIAs gestantes de baixo risco do município de São Luiz, na região sul do Estado, passam a contar com uma sala de parto normal completa, com equipamentos necessários para atender tanto a mãe quanto ao recém-nascido no Hospital Francisco Ricardo de Macedo. A entrega aconteceu durante a ação itinerante, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), no último dia 5 de junho.

As pacientes terão à disposição cama PPP (pré-parto, parto e purpúreo), berço aquecido, foco, balança, aspirador de secreção, entre outros itens. As melhorias fazem parte das sugestões do Departamento Estadual de Vigilância Sanitária. Foram entregues no mesmo dia, a Central de Material Esterilizado, o setor de emergência, a sala de procedimentos e as seis enfermarias de internação, com 12 leitos efetivos.

Entre as equipes de profissionais envolvidas no trabalho de parto normal, estão médicos clínico-geral, técnico de enfermagem e enfermeiros. “A sala entregue é exclusivamente para partos normais para garantir a assistência ao parto de baixo risco”, frisou a secretária adjunta da Sesau, Claudete Praia.

Para a gestora, a sala dará mais conforto e comodidade as pacientes, além de diminuir os encaminhamentos até o Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazareth (HMINSN). “Os transtornos na locomoção até a capital, as mães dos municípios e das regiões vizinhas, não passarão mais. A sala está com todos os equipamentos necessários para realizar um parto normal, da mesma forma, caso estivesse na maternidade do Estado”, comentou Claudete.

As próximas melhorias que estão prestes a ser entregues são o Centro Cirúrgico e a parte administrativa da unidade. Enquanto as melhorias são implementadas, a população do local não está desassistida. O município conta ainda com o suporte dos serviços da unidade Mista de São João da Baliza, distante 16 quilômetros do município, e também do Hospital Regional Sul Ottomar de Souza Pinto, em Rorainópolis, a 82 quilômetros da unidade, caso haja alguma necessidade.

Mais recursos

Seis municípios tiveram a oportunidade de solicitar ao Ministério da Saúde (MS), investimentos para equipar as salas de parto normal. O recurso está garantido pela Rede Cegonha (RC), programa do governo federal, que prevê ações de melhoria e qualidade na saúde da mulher e de criança até dois anos.

As propostas voluntárias estão sobre análise do MS para liberação, ainda sem previsão de anunciar quais municípios tiveram seus pedidos aceitos. Foram levados em conta o número de partos normais realizados por ano e a localização do município.

O município de Normandia espera receber do Ministério, R$ 161 mil; Caracaraí, R$ 213 mil; Alto Alegre, R$ 154 mil; Pacaraima, R$ 150 mil; Bonfim, R$ 101 mil; e em Caroebe, R$ 99 mil. A ajuda financeira é exclusivamente para arcar com equipamentos, como poltrona hospitalar, berço normal, berço com fototerapia, carrinho de emergência, aspirador de secreção, cama PPP, cama normal, entre outros itens. 

 

 

Deixe uma resposta