Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Operação Carne Fraca: Procon Boa Vista esclarece dúvidas de consumidores sobre produtos em mercados

Operação Carne Fraca: Procon Boa Vista esclarece dúvidas de consumidores sobre produtos em mercados

O caso da Operação “Carne Fraca” deflagrada pela Polícia Federal na última sexta-feira, 17, deixou a população local em dúvida em relação a carne e produtos consumidos no estado. O caso chocou a população e empresários não só do Brasil como do mundo inteiro. Por isso, a Secretaria Executiva de Defesa do Consumidor se colocou à disposição para tirar eventuais dúvidas da população boa-vistense.

Sabrina Tricot, secretária executiva de Defesa do Consumidor de Boa Vista, esclarece que neste primeiro momento os consumidores devem aguardar a divulgação dos lotes e produtos que foram encontrados irregularidades. “Assim que tais informações forem disponibilizadas e os ”recalls” iniciados, os consumidores poderão ter a devolução dos valores pagos pelos produtos pertencentes aos lotes irregulares ou a troca por outros em condições adequadas para o consumo”, pontuou a secretária.

Caso a troca ou a devolução dos valores não ocorra espontaneamente, os consumidores devem procurar o Procon Municipal de Boa Vista e fazer a reclamação. Sabrina recomendou também que as pessoas devem ter hábitos frequentes na hora da compra, como verificar as condições da embalagem, prazo de validade, aparência do produto, local de armazenamento e verificar as informações sobre o produto de forma clara e precisa.

Por enquanto, a Associação Brasileira de Procons (Proconsbrasil) pediu que todos os órgãos de Defesa do Consumidor se colocassem a disposição para mostrar sua preocupação em relação a conduta das empresas investigadas e orientar os consumidores quanto aos seus direitos na compra dos produtos das marcas citadas na investigação.

Os consumidores que desejarem obter informações e esclarecer dúvidas devem se dirigir à sede do Procon Boa Vista, localizada no Centro de Atendimento ao Cidadão João Firmino Neto, avenida dos Imigrantes, 1612, 1º andar, sala 02, no horário das 8h às 14h. Ou ainda solicitar informações pelos telefones 3625-2219, 3625-6201 ou pelo e-mail procon@boavista.rr.gov.br.

Saiba o que a Operação Carne Fraca descobriu

Foi deflagrado um esquema que envolvia funcionários do Ministério da Agricultura em Goiás, Minas Gerais e Paraná que recebiam propina para liberar carne para comercialização sem a fiscalização adequada. Foi descoberto também o envolvimento de funcionários de frigoríficos no esquema. As irregularidades encontradas nestes frigoríficos vão desde uso de produtos químicos para mascarar carne vencida como excesso de água para aumentar o peso dos produtos.

Foram 21 frigoríficos alvos de busca e apreensão, confira:

Big Frango Indústria e Com. de Alimentos Ltda.

BRF – Brasil Foods S.A. (dona de marcas como Sadia e Perdigão)

Dagranja Agroindustrial Ltda./Dagranja S/A Agroindustrial

E.H. Constantino

Frango a Gosto

Frigobeto Frigoríficos e Comércio de Alimentos Ltda.

Frigomax Frigorífico e Comércio de Carnes Ltda.

Frigorífico 3D

Frigorífico Argus Ltda.

Frigorífico Larissa Ltda.

Frigorífico Oregon S.A.

Frigorífico Rainha da Paz

Frigorífico Souza Ramos Ltda.

JBS S/A (dona das marcas como Friboi, Seara e Swift)

Mastercarnes

Novilho Nobre Indústria e Comércio de Carnes Ltda.

Peccin Agroindustrial Ltda. (dona da marca Italli Alimentos)

Primor Beef – JJZ Alimentos S.A.

Seara Alimentos Ltda.

Unifrangos Agroindustrial S.A./Companhia Internacional de Logística

Breyer e Cia Ltda.

Fábrica de Farinha de Carne Castro Ltda. EPP

Ceiça Chaves

Deixe uma resposta