Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Ministro da Agricultura anuncia classificação de médio risco da febre aftosa em Roraima

Ministro da Agricultura anuncia classificação de médio risco da febre aftosa em Roraima

Romero jucá participou da solenidade - Foto: Guilherme MoraesO estado de Roraima ganhou status de médio risco da febre aftosa, a notícia foi anunciada nesta terça-feira, 12, pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Neri Geller em solenidade no Palácio Senador Hélio Campos, com a presença do governador Chico Rodrigues, vice-presidente do Senado, Romero Jucá (PMDB), deputado estadual Rodrigo Jucá (PMDB) e secretários de Estado. 

O senador Romero Jucá esclareceu que agora não será mais necessária a quarentena para o envio de carne bovina para o Amazonas, já que Roraima se igualou na classificação do estado vizinho com médio risco.  “É apenas o começo de uma grande mudança. Nós queremos até o próximo ano que Roraima fique  livre  da febre aftosa, por vacinação, isso representa a abertura de mercado, fortalecimento dos produtores e geração de emprego e renda”, disse Jucá.

O parlamentar reivindicou ainda ao ministro recursos para a implantação do laboratório de análise da Embrapa em Roraima, que servirá para apreciação de grãos. “É importante contar com o apoio tecnológico e de pesquisa para garantir autonomia na questão das análises”, afirmou o senador.     

Em resposta, o ministro Neri Geller anunciou a liberação de recursos para a instituição. Os valores liberados serão para reestruturação da entidade, inclusive do laboratório de análise.

Para o ministro, a nova classificação de Roraima representa um avanço importante para o Estado. “O Ministério da Agricultura quer estar próximo de Roraima e fazer do estado uma fronteira agrícola. O Governo Federal possui linhas de crédito para fazer essa produção acontecer. Temos uma política alinhada e bem definida com Programas que financiam com baixas taxas de juros e garantem acesso tecnológico”, disse Geller.

O governador Chico Rodrigues afirmou que houve um trabalho intenso para conseguir em apenas seis meses resultados positivos. “Hoje, estamos felizes, pois essa elevação nos dá incentivo para trabalhar ainda mais para que Roraima seja livre definitivamente desse mal e darmos um grande saldo na exportação da nossa carne bovina para a Venezuela, mercado promissor. Agradecemos ao ministro e ao senador Romero Jucá que foram peças fundamentais nesse processo”, disse o Governador.     

 

 

Deixe uma resposta