Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Mais de 100 praticantes são atendidos pelo Centro de Equoterapia

Mais de 100 praticantes são atendidos pelo Centro de Equoterapia

Em outubro deste ano está prevista a realização de mais uma edição da Olimpíada Paraequestre - Foto: Ascom/SEEDEm funcionamento há onze anos no Estado, o Centro Estadual de Equoterapia Thiago Vidal Magalhães Pinheiro, atende atualmente 123 praticantes. A unidade, que é do governo estadual, está localizada na BR-174, no Parque de Exposições Dandãezinho, região de Monte Cristo, zona rural de Boa Vista.

 

Maria Eduarda, que possui dez anos de idade é uma das praticantes atendidas no Centro. Duda, como é tratada pelos profissionais da unidade, possui autismo e frequenta o local desde 2011. Segundo a mãe, Vitória Nascimento, a Equoterapia tem ajudado no desenvolvimento da linguagem e da comunicação da criança.

“Estou sempre aqui, faço questão de acompanhá-la. A Equoterapia, aliada a outras atividades, tem ajudado bastante no desenvolvimento da Duda. Percebemos um grande avanço na concentração, interação com os colegas e também na linguagem e comunicação”, explicou Vitória.

Assim como Duda, os demais praticantes recebem atendimento uma vez por semana, em sessão de 30 minutos de atividades no picadeiro. Deslocamento em círculos, técnicas de adestramento e controle de rédea são alguns dos exercícios e ao final do atendimento, o praticante recebe um lanche reforçado.

“O Centro vem cumprindo com seu papel, realizando um bom atendimento. Contamos com excelentes profissionais, todos capacitados para exercício da função. E neste segundo semestre, realizaremos mais uma edição da nossa Olimpíada Paraequestre, prevista para outubro”, informou o sargento Henrique De La Roque, diretor da unidade.

A Olimpíada Paraequestre é uma atividade de hipismo desenvolvida por pessoas portadoras de necessidades especiais. A intenção é promover a interação social e demonstrar a evolução dos praticantes no decorrer do ano.

O centro

O Centro Estadual de Equoterapia Thiago Vidal Magalhães Pinheiro conta com uma equipe multiprofissional formada por 28 pessoas, sendo três fisioterapeutas, um fonoaudiólogo, três equitadores, 11 educadores físicos, 10 pedagogos, além de 10 servidores administrativos e sete cavalos para o desenvolvimento das atividades no picadeiro.

A unidade pertence à estrutura da Secretaria Estadual de Educação e Desporto (SEED) e funciona com apoio da Polícia Militar de Roraima que é responsável pela logística, alimentação e cuidados com os cavalos, deixando-os aptos para as ações do Centro e a gestão está buscando uma parceria com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). O horário de funcionamento da unidade é das 8h às 12 horas e das 14h às 18 horas.

O Centro Estadual de Equoterapia Thiago Vidal Magalhães Pinheiro é filiado à Associação Nacional de Equoterapia (ANDE/BRASIL), uma das mais conceituadas instituições de Equoterapia do Brasil.

O que é Equoterapia?

A Equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência ou com necessidades especiais.

O tratamento é indicado para pessoas com necessidades especiais causadas por paralisia cerebral, acidente vascular encefálico, atraso no desenvolvimento neuropsicomotor, Síndrome de Down, dificuldade da aprendizagem ou linguagem, esclerose múltipla, disfunção na integração social, traumatismo cranioencefálico, problemas psicológicos, dentre outros.

 

 

 

Deixe uma resposta