Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Maio Amarelo: profissionais de Enfermagem recebem ação de sensibilização para Segurança no Trânsito

Maio Amarelo: profissionais de Enfermagem recebem ação de sensibilização para Segurança no Trânsito

A palestra no Sest/Senat para os profissionais de Enfermagem faz parte do movimento Maio Amarelo - Atenção pela Vida - Foto: Francisco Oliveira

A palestra no Sest/Senat para os profissionais de Enfermagem faz parte do movimento Maio Amarelo – Atenção pela Vida – Foto: Francisco Oliveira

A palestra Educação para o Trânsito foi ministrada pelo agente de trânsito do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Vilmar Florêncio, que falou da importância de dirigir com responsabilidade e tolerância aos profissionais que participavam da 2ª Semana de Enfermagem, realizada neste último sábado, dia 9, no Sest/Senat (Serviço Social do Transporte/ Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte). A programação contou com a participação dos participantes do programa Cidadão do Futuro, promovido pelo Detran em parceria com a Setrabes (Secretaria Estadual de Trabalho e Bem Estar Social).Florêncio destacou que os inúmeros casos de acidentes de trânsito acabam superlotando o HGR (Hospital Geral de Roraima) e que objetivo das palestras é conscientiza e orientar os condutores com relação a dirigir depois de ingerido bebida alcoólica.

“Esta palestra está entre as ações que estamos desenvolvendo em parceria com outros órgãos como PM [Polícia Militar de Roraima], Polícia Civil, SMTRAN [Secretaria Municipal de Trânsito]. Falar das nossas atividades diárias de fiscalização nas ruas e nos finais de semana como a realização da operação Salvando Vidas, ocasião em que flagramos vários condutores dirigindo  sem a CNH [Carteira Nacional de Habilitação], embriagados e, isso, tem ocasionado um grande número de acidentes de trânsito, deixando pessoas com sequelas e, inclusive, com vítimas fatais”, explicou Valmir.

Ele ainda ressaltou que houve alteração na Lei e, agora, está mais rigorosa. O CTB (Código de Trânsito Brasileiro) sofreu algumas alterações com o objetivo de tornar mais rígidas as punições para quem for pego dirigindo sob efeito de álcool. A chamada Lei Seca é regida agora pela Lei 12.760.  Com as mudanças na Lei, a multa, que antes era multiplicada por 5, agora é multiplicada por 10, e passa de R$957,70 para R$1.915,40. “Inclusive o condutor que se recusar a fazer o teste do etilômetro, será punido por uma infração administrativa e, vai responder por isso”.

Ele lamentou que durante as blitze são flagrados adolescentes ao volante. “Isso é gravíssimo. Orientamos aos pais para que tenham cuidado com a chave do carro, porque eles podem ser responsabilizados casos esses adolescentes ocasionem algum tipo de acidente”, afirmou.

O agente de trânsito fez um pedido à população para que se junte a eles na luta para tentar diminuir o número de acidentes. “Somente com o apoio da população, com a conscientização, com a mudança de postura é que vamos tornar o trânsito mais seguro, mais humano e melhorar o quadro de acidentes no estado”, destacou.

Um dos idealizadores da Semana de Enfermagem, o técnico em enfermagem Melquisedek Menezes, classificou como fundamental a ação do Maio Amarelo. “O Detran faz uma campanha de conscientização  de educação no trânsito, porque o alto índice de pessoas que chegam no HGR é composto por  politraumatizados em acidentes de trânsito e, o enfermeiro, é o primeiro profissional que recebe esses pacientes. Essa parceria  com o Detran é muito importante”, disse Meneses.

A administradora de empresas, Tieta Silva, destacou a palestra como muito positiva. “É muito importante esse trabalho. Temos que conscientizar os jovens e a população em geral. Quando você está dirigindo, além de colocar a sua vida em risco, colocando em risco a vida do próximo também. Por isso, temos que dirigir com o máximo de atenção e com cuidado”, ressaltou, lembrando que antigamente  não tinha esse tipo de ação.

Programação

A diretora de Segurança de Trânsito do Detran, Angelice Jonesko,  destacou que é a primeira vez que esse movimento mundial, o Maio Amarelo é realizado em Roraima. “Temos uma vasta programação durante todo o mês de maio e, durante todo o ano, vamos realizar ações com blitze educativas e repressivas. As orientações educativas serão intensificadas em vários pontos da cidade. Vamos também às escolas, além de palestras para vários segmentos da comunidade”, informou.

Ela comunicou também que as ações de trânsito serão levadas pela primeira vez às comunidades indígenas. “Vamos levar as ações do Maio Amarelo para que eles tenham conhecimento da legislação de trânsito, para que tenham conhecimento das placas, para terem segurança na hora de transitar como pedestre, ou como ciclista nas nossas vias”, disse, acrescentando que a primeira comunidade será uma do Taiano, no município de Alto Alegre, na próxima, sexta-feira, dia 15.

Vânia Coelho

 

Deixe uma resposta