Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Lançado em Roraima o Programa Ronda nos Bairros

Lançado em Roraima o Programa Ronda nos Bairros

Lançamento foi feito no parque Anauá - Foto: Guilherme MoraesFoi lançado neste domingo, 15, em Boa Vista o Programa Ronda nos Bairros. A iniciativa do Governo de Roraima implementa o policiamento comunitário que consiste em ação de combate a criminalidade com rondas ostensivas pelos bairros da capital. O vice- presidente do Senado Romero Jucá (PMDB-RR) esteve presente na solenidade e parabenizou a iniciativa do governador Chico Rodrigues (PSB) em buscar as melhores experiências na área de segurança pública para serem adotadas em Roraima.

“O governador Chico aplicou a experiência do Amazonas e, também do programa Pacto pela Vida utilizado em Pernambuco. Está adotando programas com resultados positivos  para serem implantados no Estado. A segurança é um desafio por isso, a cada dia temos que criar ações para proteger a sociedade e dar garantia de tranqüilidade para as famílias roraimenses,” disse Romero Jucá.

Foram entregues 22 carros e 40 motocicletas que já começam a circular pela cidade. Cada viatura possui uma câmera, telefone e um tablete. “A segurança é um dos segmentos mais importante para a população de Roraima. Estamos utilizando a tecnologia que vai dar  suporte para a polícia e a proposta é no segundo momento implantar o Programa nos demais municípios do Estado”, afirmou o  governador Chico  Rodrigues.

O programa Ronda nos Bairros é coordenado pela Secretaria de Segurança Pública e executado  pela Polícia Militar. Segundo o comandante do Comando de Policiamento da Capital (CPC) Ronan Marinho a cidade foi dividida em cinco áreas integradas de segurança comunitária. “Cada área foi dividida por setores e cada um vai receber uma viatura e duas motocicletas. Houve uma preocupação pela quantidade de policiais combatíveis com a segurança das pessoas. Outro fator importante, o Programa Ronda nos Bairros possui a filosofia da polícia comunitária para que a população possa conhecer e confiar na figura do policial”, esclareceu Marinho.   

 

 

 

Deixe uma resposta