Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Política | Instituições firmam Termo de Cooperação Técnica para democratizar acesso ao cinema

Instituições firmam Termo de Cooperação Técnica para democratizar acesso ao cinema

A cerimônia de assinatura aconteceu na Sala de Reuniões da Casa - Foto: France Telles

A cerimônia de assinatura aconteceu na Sala de Reuniões da Casa – Foto: France Telles

Os parceiros do programa Cine Assembleia Cidadania, do Poder Legislativo de Roraima, firmaram na manhã desta quarta-feira, 22, o Termo de Cooperação Técnica que renovou as atividades do projeto que democratiza o acesso ao cinema no estado. Tribunal de Justiça, Secretaria Estadual de Educação, Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público Estadual, Ministério Público de Contas e Tribunal Regional Eleitoral de Roraima, devem unir forças para movimentar as atividades de educação e cultura ainda neste semestre.A assinatura do termo foi realizada na Assembleia Legislativa. O presidente da Casa, deputado Jalser Renier (PSDC), explicou que o Cine ALE Cidadania é um programa desenvolvido pelo Poder Legislativo com a finalidade de levar a cultura cinematográfica à todos os alunos da rede pública estadual de educação. “Fizemos um estudo e confirmamos que somente 10% da população tem acesso ao cinema. Com esse programa teremos condições de oportunizar aos alunos o direito de acesso ao cinema”, destacou.

O parlamentar esclareceu que os filmes exibidos por meio do programa estarão em conformidade com a faixa etária dos alunos e informou que, antes da sua exibição, os alunos assistirão a um vídeo educativo que abordará temas como gravidez na adolescência, Doenças Sexualmente Transmissíveis, uso de drogas, entre outros.

Além da equipe técnica da ALE-RR e os professores, bombeiros e policiais militares farão a escolta dos estudantes desde a saída até o retorno à escola. Ficará a cargo da instituição de ensino determinar o critério de seleção dos beneficiados. O transporte dos alunos por meio de ônibus será oferecido pelo Poder Legislativo. “Nessa etapa, a intenção é atender aos alunos das escolas do interior, pois entendemos que por conta da distância, o acesso dessas pessoas ao cinema se torna ainda mais difícil. É importante frisar que os filmes sugeridos passarão por uma avaliação da Secretaria de Educação, Tribunal de Justiça, Promotoria da Infância e Juventude”, frisou o deputado, informando que os alunos receberão pipoca e refrigerante no momento da exibição dos filmes.

O presidente do TJ-RR, desembargador Almiro Padilha, parabenizou a iniciativa do Legislativo e se manifestou favorável ao programa. “É uma ação louvável em oferecer aos jovens a oportunidade de conhecer uma sala de cinema. Quero destacar a forma transparente com que o presidente desta Casa, deputado Jalser Renier, vem atuando a frente desse programa, convidando todos os órgãos responsáveis em participar dessa assinatura. Isso demonstra o trabalho eficiente e a preocupação que este Poder tem para com o povo de Roraima”, enfatizou.

A titular da Educação Estadual, Selma Mulinari, também enalteceu o programa Cine ALE Cidadania. “Vamos acompanhar e ajudar na execução desse projeto que é muito importante para os nossos alunos que além de oportunizar o acesso ao cinema dá condições para que atuemos em um processo pedagógico em sala de aula, com redações, entre outras atividades interdisciplinares”, explicou a secretária.

Também participaram do ato de assinatura, os deputados Coronel Chagas (PRTB), Jânio Xingu (PSL), Naldo da Loteria (PSB), George Melo (PSDC), Angela Águida (PSC), Lenir Rodrigues (PPS), Masamy Eda (PMDB) e Marcelo Cabral (PMDB).

O Cine ALE Cidadania tem como finalidade oferecer aos alunos da Rede Pública o acesso às produções cinematográficas, contribuindo para formação crítico-reflexiva do jovem e do adulto.

Jânio Tavares

 

Deixe uma resposta