Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | IFRR: novos servidores do Campus Amajari participam de acolhimento

IFRR: novos servidores do Campus Amajari participam de acolhimento

Foto: Rebeca Lopes

A direção-geral do Campus Amajari do Instituto Federal de Roraima (IFRR-CAM) fez o acolhimento na tarde desta terça-feira, 31, dos novos servidores que tomaram posse na última sexta-feira, 27. Dos quatro empossados, três entraram em exercício, sendo um professor e dois técnicos.

Essa é a primeira posse da nova gestão do IFRR para o quadriênio 2016-2020. Na sexta-feira, a reitora Sandra Mara Dias Botelho, acompanhada dos diretores-gerais, empossou seis novos servidores para atuarem nos Campi Amajari, Zona Oeste e Avançado de Bonfim.

Participaram do acolhimento, o professor de ciências agrárias, Rodrigo Luiz Neves Barros, e os assistentes em administração, Lucas Viana Andrade, 24, lotado na Coordenação de Gestão de Pessoas, e Esiane Lopes de Brito, 34, lotada na coordenação do curso superior de Tecnologia em Aquicultura.

Durante a apresentação, o diretor-geral do CAM, George Sterfson Barros, destacou que o Campus Amajari é reconhecido pelos outros campi por causa da dedicação dos servidores. Destacou que a instituição é um local de oportunidade e cada um deve e pode escrever sua história.

Sterfson se colocou na condição de colega de trabalho e não de diretor, enfatizando estar no final de carreira e depois de concluir os quatro anos como diretor-geral, eleito por ampla maioria, deve se aposentar. “Tenho 35 anos de serviço, fui diretor pro tempore do Campus Amajari desde o início”, disse.

O diretor destacou que tem procurado dirigir a escola ouvindo sempre os colegas. E dentro da visão de gestão participativa, informou que os servidores podem procurá-lo a qualquer tempo e se quiserem discordar de alguma decisão, podem fazê-lo.

Na apresentação falou dos cursos técnicos presenciais oferecidos (Aquicultura, Agropecuária e Agricultura, e o curso de Tecnólogo em Aquicultura) e das intenções de a escola oferecer, em breve, um curso de licenciatura e outro de especialização. Este último, em parceria com a Universidade Federal de Roraima. Ao final, o diretor entregou um kit para cada servidor contendo uma mochila, uma caneca, caneta, chaveiro e um case, todos padronizados.

Antes de assumir no IFRR, Esiane era concursada da Prefeitura de Boa Vista e trabalhava como assistente de alunos na Escola Municipal Luiz Canará, no bairro Senador Hélio Campos. “Independe do local que eu esteja lotada, cheguei com toda força e com gás para contribuir, e entendo que aqui é local de aprendizado”, disse.

Rebeca Lopes

 

Deixe uma resposta