Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | IFRR Amajari: inscrições para vestibular de Aquicultura já podem ser feitas

IFRR Amajari: inscrições para vestibular de Aquicultura já podem ser feitas

ifrramajari36As inscrições para o primeiro curso superior de Tecnologia em Aquicultura, do Instituto Federal de Educação Tecnológica/Campus Amajari, iniciam nesta terça-feira, 1º de março e se estendem até 16 de março, exclusivamente pela internet, através do site http://certame.ifrr.edu.br. São ofertadas 35 vagas.

Podem concorrer às vagas disponíveis, os portadores de Certificado do Ensino Médio ou equivalente, perdendo o direito à vaga o candidato que não apresentar, no ato da matrícula, documentação comprobatória da escolaridade. A prova do vestibular será realizada em etapa única, dia 03 de abril de 2016, das 14 às 18 horas, no Campus Amajari.

As 35 vagas estão divididas em três categorias: ampla concorrência, pessoas com deficiência e ação afirmativa/cotas. Conforme estabelece a Lei nº 12.711/12, Decreto nº 7.824/12 e a Portaria Normativa nº 18 de outubro de 2012, do total das vagas ofertadas, no mínimo 50% serão reservadas à inclusão social por sistema de cotas.

O Campus está disponibilizando durante o período de inscrição, com exceção dos finais de semana, computadores com acesso a internet na Biblioteca, de 08h às 12h e das 14h às 18h. O candidato se responsabilizará pela efetivação da sua inscrição.

Aldalécia Oliveira foi a primeira a fazer inscrição no espaço disponibilizado pelo Campus Amajari - Fotos: CCS/CAM

Aldalécia Oliveira foi a primeira a fazer inscrição no espaço disponibilizado pelo Campus Amajari – Fotos: CCS/CAM

A primeira a usar uma das cabines da biblioteca foi a dona de casa, Aldalécia Servino Oliveira, 31, moradora da sede de Amajari, que aproveitou a oportunidade para concorrer a uma das vagas. “Soube do curso pelo anúncio no carro (de som) e vou aproveitar para me inscrever”, disse.

A criação do curso superior de Tecnólogo em Aquicultura atende ao planejamento e consta no principal documento que norteia as ações da unidade de ensino, o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI).

A presidente da Comissão Permanente de Processo Seletivo e Vestibular, Luana Lobo, destaca a necessidade de os candidatos lerem o edital na íntegra, uma vez que todas as orientações do processo seletivo estão lá especificadas. “É uma oportunidade para quem concluiu o ensino médio em dar continuidade aos estudos”, afirmou.

Rebeca Lopes

 

Deixe uma resposta