Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Hospital Geral de Roraima será totalmente reformado

Hospital Geral de Roraima será totalmente reformado

Ao todo, cerca de R$ 22 milhões serão investidos na ampliação e reforma de unidades de saúde do Estado neste ano – Foto: Secom-RR

O HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento) vai passar pela maior reforma desde que foi inaugurado em 1991. Além do anexo em construção, a estrutura antiga terá quatro blocos reformados e passará por ampliação. A Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) realiza um estudo para que as reformas, previstas para iniciarem no próximo semestre, ocorram sem prejudicar os atendimentos.

Ao todo, estão assegurados mais de R$ 22 milhões para a estrutura física de unidades de saúde do Estado, provenientes de recursos federais de emendas parlamentares. Só para o HGR, está previsto o investimento de R$ 14 milhões em estrutura física.

Conforme a diretora do Departamento de Engenharia da Sesau, Hannah Hadassa Leite, os projetos arquitetônicos foram aprovados e seguem em andamento. “Todos os projetos foram avaliados pela Vigilância Sanitária e seguem os trâmites para que as obras sejam licitadas o mais rápido possível”, frisou.

A Unacon (Unidade de Alta Complexidade em Oncologia) passará a ocupar todo o bloco A do HGR. A obra irá contribuir para a melhoria do acesso e da qualidade dos serviços prestados no tratamento contra o câncer. Com a ampliação, a quantidade de leitos vai crescer de 17 para 38, distribuídos em quinze enfermarias com capacidade para 2 e 3 lugares. A expectativa é que os atendimentos dobrem após esta reforma.

“O ambiente terá um jardim e uma área de convivência para os pacientes que estiverem internados. É um local humanizado e com atividades desenvolvidas pela equipe multiprofissional para a reabilitação psicossocial dos pacientes e funcionários”, complementou a diretora.

Já o Bloco B do hospital será reformado para atender os serviços de pneumologia e infectologia, enquanto o bloco C vai abrigar os serviços na área de cardiologia. A reforma irá melhorar o fluxo interno de pacientes, usuários e funcionários, oferecendo melhores instalações para internação e atendimento.

“Serão ampliados os espaços internos das enfermarias e criadas novas salas de apoio para a equipe técnica, além de melhoria nos banheiros onde a maioria será adaptada para atender pacientes com necessidades especiais”, afirmou.

No bloco D, haverá uma ala exclusiva para a área de psiquiatria, onde serão oferecidas melhores condições de atendimento e acolhimentos aos pacientes com transtornos mentais. Neste bloco também irá funcionar uma unidade de internação para pacientes das áreas de nefrologia, endocrinologia, reumatologia e gastrenterologia.

Anexo

Paralelo a isso, em breve será inaugurado o anexo do HGR, o bloco E, e já conta com 50% da obra concluída. A nova estrutura contará com mais 120 leitos de internação, 40 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), dez salas de cirurgia e será crucial para diminuir a superlotação e aumentar a capacidade de atendimento do maior hospital de Roraima.

 

Deixe uma resposta