Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | HGR realiza primeiro implante de prótese no quadril em Roraima

HGR realiza primeiro implante de prótese no quadril em Roraima

A maioria das cirurgias de alta complexidade em ortopedia passará a ser realizada no Estado, diminuindo a demanda por TFD – Foto: Fernando Oliveira

Os investimentos do Governo do Estado têm gerado impactos positivos na Saúde. Exemplo disso é que foi realizado o primeiro implante de prótese no quadril com recursos estaduais. A operação só foi possível graças à aquisição de próteses para cirurgias de alta complexidade que nunca estiveram disponíveis na rede pública estadual.

As cirurgias ortopédicas representam mais da metade da demanda do HGR (Hospital Geral de Roraima). Com aquisição destes materiais e a realização dos procedimentos na unidade, o Governo vai diminuir a demanda por TFD’s (Tratamento Fora de Domicílio), o que permite que o paciente se recupere perto da família.

A cirurgia foi realizada em José Perreira Barros, de 66 anos, e concluída com sucesso. O paciente possui artrose, uma doença que gera dor no quadril, que piora quando o indivíduo anda, fica sentado por muito tempo ou deita-se de lado sobre a articulação afetada.

O procedimento já havia sido realizado em outras ocasiões, com recursos de instituições como o Into (Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad), mas é a primeira vez que a colocação das próteses é feita com itens adquiridos pela Sesau (Secretaria Estadual de Saúde).

Conforme o ortopedista que conduziu a operação, Vitor Montenegro, a maioria das cirurgias de alta complexidade passará a ser realizada no Estado, evitando assim os TFD’s. “A partir de agora os pacientes começam a ser tratados aqui, na maioria dos casos. Com isso, vamos diminuir os e também números de TFD’s vamos proporcionar um atendimento mais humanizado, onde os pacientes vão poder se recuperar perto da família”, ressaltou.

Alta demanda

Segundo o secretário estadual de Saúde, César Penna, a ortopedia é responsável por mais da metade da demanda e internações na unidade. Pensando nisso, a Sesau tem feito investimentos importantes na área: “O Estado conseguiu realizar todo o abastecimento em materiais e equipamentos necessários aos procedimentos de ortopedia, e hoje podemos dizer que estamos abastecidos com materiais para esta área. Isto, aliado a este convênio com o Into, irá propiciar um salto na qualidade e quantidade de atendimentos na área”, explicou.

Além dos atendimentos realizados pela equipe local, o Governo do Estado assinou no fim do ano passado, um convênio com o Into, do Rio de Janeiro, parceria que vai reduzir significativamente o número de TFDs para procedimentos ortopédicos de alta complexidade.

Por meio deste acordo de cooperação técnica, o Instituto trará para Roraima os materiais, equipamentos e toda equipe médica para realização dos procedimentos cirúrgicos. As cirurgias serão realizadas no Hospital Geral de Roraima e a expectativa é iniciar os primeiros atendimentos neste semestre.

 

Deixe uma resposta