Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Hemocentro está com estoque baixo e convoca doadores do sangue fator Rh Negativo

Hemocentro está com estoque baixo e convoca doadores do sangue fator Rh Negativo

Por ser o fator sanguíneo muito utilizado em hospitais, e por ser considerado o sangue que salva vidas, o “O” negativo também é o primeiro a reduzir do estoque - Foto: Ascom/SesauCom a crescente demanda de cirurgias que são realizadas diariamente nos hospitais do estado, em especial no Hospital Geral de Roraima (HGR), o estoque de sangue do Hemocentro de Roraima (Hemoraima) está comprometido. O setor de captação da unidade convoca com urgência para reposição do estoque, doadores de sangue de Rh negativo. O estoque dos fatores positivos está normalizado.

 

A convocação de doadores cadastrados já está sendo feita por telefone, de acordo com o período de doação. Conforme a diretora de Hemocentro, Andréa Giordana dos Passos, existem 69 bolsas do fator Rh positivo na unidade que estão aptas para doação, além de outras que aguardam resultado da sorologia. “A preocupação no momento é com a tipagem negativa”, enfatiza a diretora informando que em cirurgias de emergência o sangue “O” de fator negativo é o primeiro a ser solicitado do Hemocentro.

Ela explica que em casos de emergência, o paciente que necessita de cirurgia não pode esperar até que seja colhida uma amostra do sangue, para então a partir dos resultados, seja feita a solicitação da bolsa compatível com o seu fator. Em casos como este, o Hemocentro libera o sangue “O” negativo, que é doador universal, ou seja, doa para todos os fatores sanguíneos.

Por ser o fator sanguíneo muito utilizado em hospitais, e por ser considerado o sangue que salva vidas, o “O” negativo também é o primeiro a reduzir do estoque. A diretora ressalta que as constantes convocações para o abastecimento do banco, geralmente são por este motivo.

Dados da Fundação Pró-Sangue apontam que apenas 9% dos brasileiros possuem esse tipo sanguíneo. Outra característica singular do “O” negativo é que a pesar de ser doador universal, ele só recebe sangue dele mesmo.

O Hemocentro de Roraima recebe diariamente doador, no entanto, nos últimos dias as doações têm sido feitas de forma específica. A doação específica é aquela em que uma pessoa realiza a doação em nome de um paciente preestabelecido, geralmente um parente ou um amigo que tem uma cirurgia agendada.

A coleta funciona todos os dias. De segunda a sexta-feira, de 7h30 às 12h, e das 13h30 às 18h, mas a unidade fica aberta no intervalo de meio dia para fazer a entrega de exames de sorologias (após 30 dias da doação) e de declarações. O Hemoraima fica na avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, depois do HGR.

Para os doadores regulares, é preciso observar os intervalos das doações. A diretora explicou que no caso do homem, o período mínimo é de 61 dias, e da mulher, 91 dias.

Requisitos

Doar sangue é seguro, por isso qualquer pessoa em boas condições de saúde, apresentando documento oficial com foto, entre 16 até 17 incompletos (acompanhados dos pais ou responsáveis legais) e para quem já é doador até 69 anos.

A pessoa precisa ter mais de 50 kg e não deve estar em jejum, mas é preciso evitar a ingestão de alimentos gordurosos até 2h antes da doação. Pessoas com febre, gripe ou resfriado não podem doar temporariamente, assim como grávidas e mulheres no pós-parto.

Nas duas horas que antecedem ao procedimento, o candidato à doação preenche um cadastro, e em seguida é avaliado clinicamente. Se não houver nenhum obstáculo clínico, a coleta é realizada logo em seguida. Outras informações no (95) 2121-0883.

 

 

 

Deixe uma resposta