Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Polícia | Guardas civis municipais iniciam aulas práticas de tiro

Guardas civis municipais iniciam aulas práticas de tiro

Curso de Tiro para Guardas Municipais – Fotos: Igorh Martins

Com cerca de um mês no Curso de Capacitação Técnica para Manuseio de Arma de Fogo, a turma de 42 guardas civis municipais iniciou nesta terça-feira, 7, os exercícios práticos num clube de tiro localizado no Distrito Industrial. A atividade faz parte das 160h exigidas para que os alunos possam portar armas de fogo.

A instrução prática visa aperfeiçoar e aplicar o conhecimento apresentado de forma teórica ao longo das aulas e, nesta primeira etapa, teve foco no manuseio do armamento e na correção de mira, com dois tipos de alvos – humanóides e de cores. Os GCMs tiveram prévias do exercício na Academia de Polícia Integrada, porém sem munição.

“Até o aluno chegar no stand de tiro e efetuar os primeiros disparos, ele já recebeu diversas instruções de como portar o armamento, a como manusear e, principalmente, instruções de segurança. O que se faz no stand é aplicar todo esse conhecimento, corrigir falhas e melhorar o nível de eficiência”, explicou o GCM Guilherme da Silva, diretor do Departamento de Inspetoria da Guarda Civil Municipal.

Todo o conhecimento apresentado por meio do curso é referente à defesa policial e prático, com ênfase na pistola calibre 380, revólver calibre 38 e espingarda calibre 12. Em 2016, um grupo de GCMs participou do Curso de Armeiros com 1º Batalhão Logístico de Selva (1º Blog) do Exército Brasileiro, sendo então os responsáveis pela manutenção e armazenamento das armas.

Há 12 anos na corporação, o guarda civil Araújo Júnior está entre os 42 da primeira turma do curso de tiro. Para ele, portar uma arma de fogo é uma nova etapa para o ofício de agente de segurança pública, o que aumenta a responsabilidade diante da população, que sempre vai exigir eficiência por parte da instituição.

“Esperávamos por esta etapa para prestarmos um bom serviço à população, resguardar a nossa vida e desempenhar um bom serviço à nossa instituição. Hoje é motivo de alegria, por mais um passo dado na busca por estes objetivos e estamos todos nos esforçando para concluir o curso com êxito, tudo em nome da população, que sempre vai exigir de nós um alto grau de eficiência”, disse.

O curso de tiro é resultado de um convênio entre a Prefeitura de Boa Vista e a Polícia Federal, que concedeu à Guarda Civil o uso de armas de fogo. Todos os alunos tiveram de passar por avaliação psicológica e investigação de conduta, de forma a estarem aptos para darem início à capacitação.

“Há todo um preparo para que o agente de segurança passe a utilizar armamento de fogo e com a Guarda Civil não está sendo diferente. Ele é devidamente instruído para saber como e quando usar a arma, o que ocorre somente em último caso. Quanto a isso, a população pode confiar nos nossos GCMs”.

Fábio Cavalcante

 

Deixe uma resposta