Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Greve Sintjurr: manifestantes são impedidos de permanecer em frente ao Fórum

Greve Sintjurr: manifestantes são impedidos de permanecer em frente ao Fórum

Manifestantes tiveram de ficar na parte de fora do Fórum - Foto: Gilvan CostaOs servidores do Judiciário em greve desde o último dia 12 de junho, foram impedidos na manhã desta quarta-feira, 2 de julho, de permanecer na área externa do Fórum Sobral Pinto, onde costumeiramente se concentavam desde o início do movimento grevista. Foi montada uma barreira policial e colocadas fitas e delimitadores na área.

A direção do Sintjurr recebeu um ofício assinado pela juíza Graciete Sotto Mayor Ribeiro, diretora do Fórum Sobral Pinto, informando sobre a Portaria Nº 16, publicada na segunda-feira, 1º e julho, determinando a permanência dos grevistas no acesso principal do prédio.

O presidente em exercício do Sintjurr, Jonathas Apolônio, disse que a Assessoria Jurídica do sindicato já está tomando as medidas judiciais cabíveis para tentar reverter a decisão.

“Isso é uma afronta ao regime democrático e de direito. Nosso movimento é legal e está seguindo as regras. Em momento algum fizemos ao pretendemos fazer baderna ou prejudicar o andamento dos trabalhos do Juduciário. Apenas estamos lutando pelos direitos dos servidores, que são legítimos. Se for preciso, vamos acionar o Conselho Nacional de Justiça para denunciar esse posicionamento da direção do Fórum”, explicou.

Confira a pauta de reivindicações dos trabalhadores

– Pagamento da Reposição Salarial e Inflacionária;

– Aprovação de Planos de Cargos e Salários;

– Orçamento Participativo conforme resolução do CNJ n° 195 de 03 de maio de 2014;

– Maior número de servidores na área fim;

– Reposição nas Perdas Salariais;

– Revogação da Portaria que limita o número dos Servidores em Cartório;

– Valorização da Justiça de primeiro grau conforme a Resolução do CNJ N° 195 de 2014;

– Retorno dos plantões judiciais remunerados;

– Enquadramento dos Motoristas e Auxiliar Administrativos;

– Redução da diferença Salarial entre as categorias de nível fundamental, médio e superior;

– Aumento do Percentual obrigatório de efetivos investidos em cargos comissionados;

– Cumprimento da meta 03, que trata da priorização da lotação de servidores em cartório.

 

 

Deixe uma resposta