Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Governo vai comprar R$ 4 milhões em produtos da agricultura familiar

Governo vai comprar R$ 4 milhões em produtos da agricultura familiar

Anúncio foi feito pela governadora Suely Campos nesta terça-feira, em solenidade no Salão Nobre do Palácio Senador Hélio Campos - Foto: Francisco Oliveira

Anúncio foi feito pela governadora Suely Campos nesta terça-feira, em solenidade no Salão Nobre do Palácio Senador Hélio Campos – Foto: Francisco Oliveira

Esta terça-feira, 10, será um dia para ficar na memória de centenas de agricultores familiares do Estado, com o anúncio de projetos importantes para a área. Um destes benefícios foi a retomada do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar) 2015-2016, projeto pelo qual o Governo do Estado unirá o útil ao agradável, ao oferecer incentivos aos produtores, que fornecerão alimentação de qualidade para entidades ligadas aos que necessitam de suplementação alimentar, incluindo as escolas, creches, associações e igrejas.

Serão investidos mais de R$ 4 milhões já garantidos por meio de recursos do governo federal, com uma contrapartida do Estado, em benefício de 837 produtores e 350 entidades. Os produtores receberão, sem burocracia, até R$ 6.500,00 em incentivos e, em troca, fornecerão frutas, verduras e hortaliças de qualidade a escolas, creches e associações, tanto da Capital como do Interior do estado.

A governadora Suely Campos ressaltou que o Estado não tem olhos apenas para o grande produtor. Segundo ela, a agricultura familiar tem um espaço importante com incentivos do governo para que se desenvolva cada vez mais. “O Governo do Povo tem muita fé na agricultura familiar, pois é de lá que advém cerca de 70% da alimentação dos brasileiros. Com incentivos como este, vamos valorizar cada vez mais estes produtores”, pontuou.

Os envolvidos no programa foram previamente cadastrados na Seapa (Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), que analisou se estes se enquadravam nos critérios necessários para garantir o fornecimento de produtos de qualidade. Neste ano, esse processo será menos burocrático, pois o produtor fará a entrega diretamente nas entidades e terá o pagamento creditado na conta após enviar a nota fiscal à Seapa.

O programa ajudará entidades como a associação Mães Anjos de Luz, e, por meio dela, cerca de 4,2 mil pessoas com deficiência serão beneficiadas, das quais muitas carecem de alimentação saudável para terem sucesso em seus tratamentos. A presidente da associação, Maria das Dores Pereira, elogiou a iniciativa. “ Com o apoio de programas como este podemos ajudar cada vez mais pessoas”, pontuou.

Regionalização

O deputado estadual Brito Bezerra foi o grande entusiasta da merenda escolar regional ao criar o projeto que tornou lei o Preme (Programa de Regionalização da Merenda). “Hoje estamos vendo a governadora Suely Campos realizar esse sonho de comprar a merenda escolar diretamente do homem do campo, sem atravessador. Parabenizo-a por ter honrado com mais este compromisso em benefício do produtor rural”, disse.

A medida, segundo ele, incentiva hábitos alimentares saudáveis nas crianças e adolescentes, inserindo na merenda escolar estadual produtos frescos por meio de um cardápio regional que considera a vocação agrícola de cada município roraimense.

Suely Campos paga dívida de R$ 563 mil da gestão anterior aos produtores

O Governo do Estado abriu processo de reconhecimento de dívida e vai efetuar o pagamento de 141 produtores que forneceram produtos na gestão passada e não foram pagos. Os empenhos foram entregues na manhã desta terça-feira, 10, aos produtores que receberão nos próximos dias o valor total de R$ 563 mil.

“Indenizar estes produtores que entregaram estes produtos mas sequer tiveram a dívida reconhecida é uma forma de mostrar que este governo se preocupa com a agricultura familiar e com o homem do campo”, afirmou Suely Campos.
Fruticultor da região do Cantá, na região do Confiança 2, José Matos disse que já não tinha mais esperanças de receber pelo produto fornecido há mais de dois anos, e comemorou a iniciativa. “Estamos muito felizes por este reconhecimento do Governo do Estado. Com esse dinheiro, poderemos investir e produzir muito mais”, pontuou.

Yana Lima

 

Deixe uma resposta