Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Polícia | Governadora Suely Campos promove 754 policiais civis

Governadora Suely Campos promove 754 policiais civis

Assinatura do decreto ocorreu na tarde desta quarta-feira, no Palácio Senador Hélio Campos – Fotos: Fernando Oliveira

A governadora Suely Campos assinou nesta quarta-feira, 11, o decreto de promoção dos Policiais Civis do Estado de Roraima, da classe B para a classe C, a contar de 1° de janeiro de 2017, contemplando 754 servidores. A solenidade ocorreu no Salão Nobre do Palácio Senador Hélio Campos.

A medida contempla servidores das nove categorias da Polícia Civil. Foram 400 agentes de polícia; dez médicos legistas; sete odonto-legistas; 36 peritos criminais; 79 escrivães; 15 papiloscopistas; 185 agentes carcerários; sete auxiliares de perito criminal e 15 auxiliares de necropsia.

A governadora Suely Campos destacou que a promoção faz justiça aos policiais civis concursados e que desde a posse, há 12 anos, só tiveram uma promoção parcelada em três vezes. “Começamos o ano com uma boa notícia para esses servidores da Polícia Civil. É o reconhecimento de uma categoria que se esforça num trabalho muitas vezes arriscado”, comentou Suely.

Para a delegada geral de Polícia Civil do Estado de Roraima, Edinéia Santos Chagas, a promoção é uma conquista fundamental para a instituição. “Os servidores policiais civis tiveram os seus direitos reconhecidos pela governadora Suely Campos. Esse direito está previsto na lei orgânica da Polícia Civil e vem de encontro aos anseios de toda a classe”, comemorou.

Regulamentação

O decreto que regulamentou os requisitos para a promoção dos policiais civis de Roraima de todas as categorias, exceto os delegados, foi assinado no dia 20 de julho de 2016 e em apenas seis meses, a governadora está concretizando a promoção.

Atualmente todos esses policiais estão na classe B, onde o subsídio de um agente é de R$ 5.533,00. Com a promoção para a classe “C”, após 12 anos de efetivo exercício policial, o salário agora será de R$ 7 mil, um aumento de 23%. O impacto financeiro é de R$ 16 milhões por ano.

Para efetivar a promoção a Polícia Civil instituiu a Comissão Permanente de Promoção, que coordenou e organizou os processos individuais. Além disso, todos os policiais passaram por curso de aperfeiçoamento, oferecido pela Academia de Polícia Integrada de Roraima.

 

Deixe uma resposta