Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Gestão do SUS: Roraima tem 17 vagas para especialização

Gestão do SUS: Roraima tem 17 vagas para especialização

Inscrições estão abertas até o próximo dia 2 de agosto - Foto: InternetO Ministério da Saúde quer formar especialistas em gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) e contribuir para o aprimoramento dos processos de organização das redes de atenção à saúde. Para isso, a Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (SGTES/MS) oferece para Roraima, 17 vagas para alunos e uma para tutor do Curso de Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde.

As inscrições estão abertas até o dia 02 de agosto e podem ser feitas pelo endereço www.cead.uff.br/mgs. Os polos estaduais ainda não foram definidos. O curso é destinado a profissionais de nível superior e médio que trabalhem na área de saúde em função de gestão em secretarias municipais ou estadual, ou aina que atuem em funções de gerência no âmbito do SUS.

O curso é ofertado pela Universidade Federal Fluminense em parceria com o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems) e Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). A especialização e atualização dura 242 horas, divididas em aulas à distância, Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e encontros presenciais. O resultado da seleção será divulgado a partir de 10 de agosto.

O deferimento final da matrícula está condicionado à efetiva participação do candidato selecionado no Encontro Presencial realizado em cada Estado, cujas datas estão estimadas para o mês de setembro de 2014. A confirmação das mesmas, assim como os locais de realização, será divulgado pelo site da instituição. As atividades acadêmicas do curso terão início a partir do Encontro Presencial, no qual será divulgado o calendário de desenvolvimento das unidades de aprendizagem, ao longo da carga horária e duração do curso.

Para a tutoria do curso, os interessados precisam ter, pelo menos, pós-graduação, experiência com Ensino a Distância e ter atuado em atividades gerenciais no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). O profissional precisa, ainda, ter habilidade para utilizar computadores com recursos de conectividade e de comunicação virtual, disponibilidade de 20 horas semanais para o exercício da tutoria, incluindo o plantão presencial de 04 horas semanais, participação em reuniões de equipe, encontros presenciais com os alunos (pelo menos três encontros) e outros programados pela coordenação nacional.

O processo seletivo será efetuado em duas etapas. A primeira eliminatória é a avaliação do perfil dos candidatos, de acordo com os requisitos do edital. A segunda fase consistirá na participação presencial do candidato na Oficina de Formação Pedagógica de Tutores, prevista para o mês de agosto de 2014, com duração de cinco dias, com carga horária de 40 horas. Mais informações poderão ser obtidas pelo site www.cead.uff.br/mgs, pelo email secretaria.mgs@cead.uff.br ou ainda, pelo telefone (21) 2629-9488.

A proposta pedagógica contempla a realização de encontros presenciais obrigatórios. Nestes encontros, além da mediação propriamente dos conteúdos das disciplinas, serão agregados alguns componentes enriquecedores da proposta curricular, entre outros uma conferência de caráter geral enfocando aspectos essenciais da metodologia a distância.

Os encontros presenciais serão realizados nas cidades e/ou nas sedes dos polos de apoio presencial do curso, conforme programação a ser informada no endereço eletrônico, www.cead.uff.br/mgs, após a conclusão do processo seletivo.

 

 

 

Deixe uma resposta