Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Política | George Melo pede apuração de contratos milionários firmados pelo Governo do Estado

George Melo pede apuração de contratos milionários firmados pelo Governo do Estado

Deputado George Melo - Foto: Charles Wellington

Deputado George Melo – Foto: Charles Wellington

O líder do G14, deputado George Melo (PSDC), pediu a apuração pela Comissão de Educação, Cultura, Desporto e Saúde, da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) de contratos com valores superiores a R$ 29 milhões, firmados pelo Governo do Estado, com duas empresas do Amazonas, para reforma e manutenção de escolas públicas.

Em discurso durante a sessão ordinária desta terça-feira, 31, o parlamentar demonstrou preocupação com relação aos recursos destinados para a execução das obras. “Peço aos membros da Comissão de Educação que fiscalizem o caso, pois o dinheiro usado para essa reforma é oriundo do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) e acredito que possa interferir no pagamento do salário dos professores, que acabam sendo os mais prejudicados com isso”, enfatizou Melo, solicitando a convocação da titular da Secretaria de Educação do Estado (SEED), Selma Silva Mulinari, para prestar esclarecimentos sobre o caso em plenário, disse.

A deputada Lenir Rodrigues também se posicionou sobre o assunto. “Na condição de representante da educação nesta Casa, é minha responsabilidade acompanhar o orçamento público, principalmente quando se trata de Fundeb. Este recurso em nosso Estado não tem complementação da União. Se gastarem com outros fins, consequentemente pode prejudicar o quadro” afirmou.

O líder do governo na ALE-RR, deputado Brito Bezerra (PP) e o deputado, Evangelista Siqueira (PT), informaram que levarão ainda hoje todas as contrapropostas feitas pelo comando grevista a governadora, Suely Campos (PP), no sentido de resolver definitivamente o impasse. “O recurso para os professores está assegurando e todos os salários estão sendo pagos em dia. A contratação dessas empresas se deu em virtude da urgência em reformar às escolas, que por conta das gestões passadas, se encontram deterioradas”, garantiu Brito.

Outro ponto abordado por George diz respeito à superlotação no Hospital Geral de Roraima (HGR), ocasionando a falta de leitos na unidade de saúde. “Fui informado que um paciente se encontrava deitado no chão do hospital, onde fazia sua refeição. Lembro que uma das coisas que o secretário de Saúde, Kalil Coelho, havia nos garantido, é que não havia mais problemas com a falta de leito, porque o HGR firmou uma parceria com o Hospital Lotty Iris. Então, queremos saber o porquê desse problema ainda continuar”, indagou.

O líder do governo disse reconhecer a problemática, mas informou que já estão sendo tomadas as providências cabíveis. “Quero esclarecer que tem apenas três meses que o governo assumiu o Estado, porém estamos trabalhando para resolver essa situação”, finalizou.
Segurança

O líder do G14 encerrou o pronunciamento entregando um requerimento à Mesa Diretora para que fossem convocados os titulares da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) e da Polícia Militar (PM), para prestarem esclarecimentos sobre os programas de segurança a serem executados em Roraima.

Os deputados, durante votação, decidiram que além da Sesp e PM, quem está na titularidade da Delegacia-Geral também deve ser convocado, para estar no dia 07 de abril, 10h, no Plenário, para falar também sobre o episódio envolvendo o advogado Kairo Ícaro Alves dos Santos e policiais militares, no último dia 19 de março.

Jânio Tavares

 

Deixe uma resposta