Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | Feira comemora seis anos de criação de centro profissionalizante

Feira comemora seis anos de criação de centro profissionalizante

Em seis anos, 5 mil pessoas já foram capacitadas pelo Centro Profissionalizante - Foto: Ascom/SEED     Para celebrar os seis anos de criação, o Centro Profissionalizante Professor Antônio de Pinho Lima (CEPPAL) realizará nos dias 31 de julho e 1º de agosto, a 1ª Feira Profissional. O evento contará com palestras, mostras e prestação de serviços gratuitos à comunidade. 

A abertura da Feira está agendada para quinta-feira, 31, às 19h, e contará com a palestra “A Educação Profissional e sua importância no mercado de trabalho”, que será ministrada pelo diretor da unidade, José Silvano de Pinho. 

A programação segue na sexta-feira, 1º, às 8h com a palestra “Direitos e deveres do consumidor”, com o economista e Diretor do Procon, Pedro Pinto. Pela parte da tarde, às 14 horas, haverá a palestra “Uso das redes sociais em tempos de eleições – o que se pode ou não publicar”, com o jornalista Luís Valério Silva. 

No horário das 8h às 17h30, será realizada a Mostra Acadêmica, com exposição e venda de produtos do Curso Técnico de Agroindústria, exposição de Equipamentos de Proteção Industrial (EPI’s) e Chek List em automóveis, ou seja, quem levar o seu carro poderá ganhar uma avaliação gratuita com os estudantes do Curso Técnico de Mecânica.  

Além disso, também ao longo do dia, serão ofertados serviços gratuitos na área de saúde como a aferição de pressão arterial e atendimentos odontológicos (8h às 11h30). 

Também será realizado cadastro de estudantes para estágio no Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e no Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). O encerramento da Feira será às 18 horas, com a apresentação da Banda de Música da 1ª Brigada de Infantaria de Selva. 

Para o diretor do Centro, Silvano Pinho, a unidade tem muitos motivos para comemorar nestes seis anos de atuação, e citou alguns avanços do Centro Profissionalizante.

“O Centro começou ofertando dois cursos técnicos e dois cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) e contava com quatro laboratórios. Hoje oferecemos sete cursos técnicos e já foram ofertados mais de 30 cursos FIC. E a unidade conta com 12 laboratórios e nestes seis anos, já capacitou mais de cinco mil pessoas em nosso Estado”, destacou Silvano. 

O secretário Estadual de Educação e Desporto, Leocádio Vasconcelos, destaca a importância da educação profissionalizante a fim de fortalecer a iniciativa privada. “A cada ano aumenta o número de profissionais capacitados para o mercado de trabalho e esse resultado é fruto do esforço do Centro Pinho Lima”, ressaltou. 

Conheça o Centro

O Centro Profissionalizante Professor Antônio de Pinho Lima (CEPPAL), está localizado na Av. Chile, n° 593 bairro Caranã. A unidade conta hoje em sua estrutura física com 12 laboratórios, sete salas de aula, auditório com capacidade para 144 pessoas, biblioteca além de um pavilhão administrativo. 

O ingresso dos estudantes é realizado mediante processo seletivo. O último, realizado em junho deste ano, contou com 500 inscritos disputando uma vaga em cinco cursos.

Atualmente existem 550 alunos matriculados em sete cursos que estão em andamento: Mecânica Automotiva, Fabricação de Móveis, Agroindústria, Comércio, Segurança no Trabalho, Climatização e Refrigeração e Manutenção em equipamentos de informática. 

Os cursos técnicos profissionalizantes possuem carga horária de 1.600 horas, o que corresponde a um ano e meio de aulas. A exceção é o curso de Comércio, que possui carga horária de 1.000 horas, ou um ano de aulas. Os estudantes também passam por estágio obrigatório para concluir o curso. Nos cursos técnicos com carga horária de 1.600 horas, por exemplo, 320 horas são destinadas ao estágio.

Parceria

O Centro possui 70 empresas cadastradas nas quais os alunos podem fazer o estágio para finalizar o curso. A unidade mantém convênio com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e também com o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), os quais auxiliam o encaminhamento dos estudantes para o estágio nas empresas. 

Além dos cursos profissionalizantes, o Centro também oferece cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) em diversas áreas. Hoje estão em andamento os cursos de Linha Viva (Transmissão de energia em redes de baixa e alta tensão) com carga horária de 160 horas, curso de Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) de 40 horas e o curso de Elétrica Predial e Residencial, de 100 horas.    

 

 

Deixe uma resposta