Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Interior | Febre Aftosa: rebanho da comunidade Truaru da Cabeceira é o primeiro a receber vacina

Febre Aftosa: rebanho da comunidade Truaru da Cabeceira é o primeiro a receber vacina

Os serviços seguem até o dia 13 deste mês, e a meta é vacinar 3.800 reses – Fotos: Fernando Teixeira

Nesta segunda-feira, 3, A Prefeitura de Boa Vista deu início a Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa nas comunidades indígenas da capital. O rebanho bovino da comunidade Truaru da Cabeceira, localizada a 65 km da sede de Boa Vista, foi o primeiro a receber a imunização. Foram cerca de 240 reses vacinadas neste primeiro dia, quantidade criada atualmente pelas 100 famílias da área indígena.

Esta é a primeira etapa da campanha em 2017 e a meta é imunizar 3.800 animais das 16 comunidades indígenas de Boa Vista. A Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas enviou uma equipe formada por médico veterinário e técnicos agropecuários para as comunidades indígenas e assim garantir a sanidade dos animais da região.

A obrigação de vacinar o gado é do criador, mas a Prefeitura de Boa Vista fornece e aplica a vacina de forma gratuita há nove anos. Durante a vacinação na área indígena, a equipe também faz a vermifugação do rebanho para o controle de verminoses. Além disso, os criadores recebem orientações para evitar outras doenças.

O senhor Antonio Souza, segundo tuxaua da comunidade Truaru da Cabeceira, falou da importância da parceria da prefeitura com o povo indígena. “Esse apoio da prefeitura é muito importante para nós da comunidade que não temos como custear as doses da vacina, que somados a quantidade de reses fica muito caro. O nosso rebanho é para consumo próprio dos moradores que hoje somam mais de 440 pessoas”, disse.

O senhor Altacir Lima é o coordenador do rebanho das regiões do Murupú. Ele fiscaliza mais de 800 cabeças de gado das comunidades Truaru da Cabeceira, Serra da Moça, Serra do Truaru e do Morcego. Para ele, a parceria garante uma carne limpa e livre de doenças no prato das famílias. “Só temos a agradecer a prefeitura por essa parceria que já dura 9 anos. A vacina ainda é a melhor arma contra essa doença contagiosa, capaz de atingir todo o rebanho”, disse.

O município é o único do estado que faz esse tipo de trabalho nas áreas indígenas. Em 2016, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) considerou Roraima livre de aftosa com vacinação. Há 16 anos, o estado não registra casos da doença. O último caso notificado ocorreu no município de Caroebe em 2001.

“Estamos com o status de livre da aftosa e isso nos condiciona a comercializar a nossa carne para qualquer lugar do Brasil e do mundo. Por isso a importância de manter os gados vacinados. No futuro conseguiremos dimensionar ainda mais a importância dessa vacinação e a manutenção da sanidade dos animais, principalmente na questão econômica do estado”, frisou Marlon Buss, secretário municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas.

O veterinário José Teixeira acompanha a equipe de vacinadores há quatro anos. Para ele, a cobertura vacinal garante um rebanho livre de uma doença infectocontagiosa, que passa de um animal para o outro somente pelo contato. “A doença é um problema econômico porque se o animal vier adoecer atinge todo o rebanho. Estamos muito felizes porque o estado ficou livre da aftosa com vacinação, uma segurança a mais para quem consome e comercializa carne. Podemos exportar para outros estados, países como Guiana e Venezuela, valorizando a economia do nosso estado”, ressaltou.

Confira o calendário de vacinação para os próximos dias:

04/04/17 – Terça-feira
Manhã: Vacinação do rebanho na Comunidade Serra da Moça.
Tarde: Vacinação do rebanho na Comunidade Serra do Truaru/Morcego.

05/04/17 – Quarta-feira
Manhã: Vacinação do rebanho na Comunidade Bom Jesus.
Tarde: Vacinação do rebanho no Sr. Ozair.

06/04/17 – Quinta-feira.
Manhã e Tarde: Vacinação do rebanho na Comunidade Lago Grande.

07/04/14 – Sexta-feira
Manhã: Vacinação do rebanho na Comunidade Milho.
Manhã: Vacinação do rebanho na comunidade do Sr. Barroso e Comunidade Ilha.

08/04/17 – Sábado
Manhã: Vacinação do rebanho na Comunidade Campo Alegre.
Tarde: Vacinação do rebanho na Comunidade Vista Nova.

10/04/17 – Segunda-feira
Manhã: Vacinação do rebanho na Comunidade Mauixi.
Tarde: Vacinação do rebanho na Comunidade Três Irmãos.

11/04/17 – Terça-feira
Manhã e tarde: Vacinação do rebanho na Comunidade Vista Alegre.

12/04/17 – Quarta-feira
Manhã: Vacinação do rebanho na Comunidade Darora.
Tarde: Vacinação do rebanho no projeto Teiu.

13/04/17 – Quinta-feira
Manhã: Vacinação do rebanho na Comunidade São Marcos.

Ceiça Chaves

 

Deixe uma resposta