Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Expedição Safra encerra roteiro pelo Arco Norte com visita a produtores em Boa Vista

Expedição Safra encerra roteiro pelo Arco Norte com visita a produtores em Boa Vista

Expedição chega a Roraima nesta quarta-feira - Foto: DivulgaçãoNesta quarta-feira, 2, a Expedição Safra finaliza a sondagem de campo pelo Arco Norte com visita a produtores de Boa Vista. A região, formada pelos estados do Amapá, Pará, Roraima, Amazonas, Acre e Maranhão, concentra importantes obras logísticas que impactam diretamente o agronegócio do Brasil. Técnicos e jornalistas estão conferindo o potencial de exportação e verificando a evolução das obras de ampliação e construção de novos terminais de embarque.

O ponto de partida foi o Pará. “Acompanhamos os embarques em Santarém e Miritituba, onde as mercadorias são transportadas em barcaças pelos rios Tapajós e Amazonas. Lá existe um movimento para construção de pelo menos dez terminais de embarque. Queremos entender e mostrar toda essa estrutura”, explica o coordenador do projeto, Giovani Ferreira.

Do Pará, a equipe seguiu para Manaus e Itacoatiara, no Amazonas. O roteiro inclui ainda visitas às áreas de produção de grãos. “O destaque é Roraima. O estado do extremo Norte cumpre o mesmo calendário agrícola dos Estados Unidos, ao contrário do restante do Brasil”, lembra o coordenador.

O assessor técnico e econômico da Ocepar, Gilson Martins, está acompanhando a equipe da Expedição na viagem e destaca a importância de entender e ver de perto o desenvolvimento portuário dessa região. “Além disso, vamos verificar a velocidade dos acontecimentos e especialmente o que está por trás da estrutura portuária. Não basta termos portos maravilhosos se não tivermos boa estrutura de ferrovias e rodovias para a logística dos grãos”, diz.

Martins ainda relata que a Ocepar tem o máximo interesse em conhecer a infraestrutura logística do país de forma ampla, o que pode influenciar inclusive no desenvolvimento da estrutura do Paraná. “Também buscamos com essas visitas compreender as expectativas locais em relação à produção e recebimento de produção na região”, explica.

Roteiro extraordinário

A viagem ao extremo Norte faz parte de roteiros extraordinários do projeto, que confere de perto desde 2006 importantes obras logísticas para a produção agrícola do país.  A Expedição Safra acompanha a evolução dos trilhos da ferrovia Norte-Sul desde 2008. Já visitou o Porto de Itaqui, no Maranhão, e no ano passado desembarcou pela primeira vez em Rondônia, para visitas técnicas em Porto Velho.

No ciclo 2012/13, as equipes também cruzaram a fronteira de Mato Grosso com o Pará para conferir as obras de pavimentação da BR-163, conhecida como Cuiabá-Santarém, principal via de escoamento do Centro-Oeste do país para o Norte.

A Expedição Safra, que está em sua 8ª edição, foi a primeira do Brasil a visitar e mostrar a nova fronteira agrícola do país, que foi batizada de “MaToPiBa”, nome hoje usado pelo governo.

A Expedição percorreu, nesta safra, mais de 60 mil quilômetros em 14 estados brasileiros, nos Estados Unidos, Argentina, Paraguai e Uruguai. A última etapa será uma visita a África, em um roteiro especial que investigará potencial e demanda do continente africano.

 

 

Deixe uma resposta