Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | Embrapa apresenta variedades de feijão-caupi recomendadas para Roraima

Embrapa apresenta variedades de feijão-caupi recomendadas para Roraima

O feijão-caupi, também conhecido como feijão de corda ou feijão macassar, é uma cultura bastante explorada pela agricultura familiar. Em Roraima, o grão é utilizado por pequenos produtores em monocultura ou consórcio, que permite melhor uso da terra. Buscando ampliar o cultivo do feijão-caupi na região, a Embrapa já recomenda dez variedades para produção em Roraima, são elas: BRS Cauamé, BRS Xiquexique, BRS Novaera, BRS Aracê, BRS Itaim, BRS Guariba, BRS Tumucumaque, BRS Rouxinol, BRS Pajeú e BRS Potengi.

Os materiais são adaptados às condições de clima e solo do Estado, com potencial para produzir até duas toneladas por hectare. Possuem ainda resistência às principais doenças do feijão, como a mela e as viroses.

As cultivares de feijão-caupi da Embrapa serão apresentadas aos produtores locais nesta quinta-feira, dia 06/04, durante visita técnica à Unidade Demonstrativa de feijão-caupi na Fazenda Água Boa do Cauamé. A programação será iniciada às 9h30 e contará com palestra sobre o desempenho das cultivares, visita aos experimentos de campo e informações sobre a aquisição de sementes.

Segundo o Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Roraima, Aloísio Vilarinho, o programa de melhoramento de cultivares de feijão-caupi é continuo. “Sempre estamos pesquisando novos materiais e testando a viabilidade de produção no Estado, tendo em vista as demandas dos agricultores e também do mercado consumidor”, diz.

Vilarinho explica que a variedade mais cultivada em Roraima é a BRS Guariba, recomendada para plantio em sequeiro, com característica de grão branco e média de produtividade de 1.508 quilos por hectare. Há também cultivares com característica de grão fradinho (BRS Itaim), grão verde (BRS Aracê) e grão mulato (BRS Pajú).

Conheça a cultura

O feijão-caupi possui ciclo de 45 a 75 dias, de acordo com objetivo da produção – vagem verde ou grão. Em Roraima, os plantios se concentram nos meses de junho até a primeira quinzena de julho. Em propriedades com irrigação, pode-se semear até mais tarde. Segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) Roraima possui, atualmente, três mil hectares de feijão-caupi plantados. A produção é voltada basicamente para o consumo interno e subsistência.

Serviço

Evento: Visita Técnica – Cultivares de Feijão-caupi para Roraima

Data: 06/04/2017

Horário: 9h30

Local: Fazenda Água Boa do Cauamé, RR 205, KM 35 – Entrada em frente a Vila Recrear, percorrer aproximadamente 2 km

Contato: (95) 4009-7161

Clarice Monteiro

Deixe uma resposta