Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Política | Edio Lopes quer levar Unidade Básica de Saúde Fluvial para atendimento a ribeirinhos do Baixo Rio Branco

Edio Lopes quer levar Unidade Básica de Saúde Fluvial para atendimento a ribeirinhos do Baixo Rio Branco

Edio Lopes esteve reunido com o assessor do Ministério da Saúde, Marcelo Almeida - Foto: Ascom/EL

Edio Lopes esteve reunido com o assessor do Ministério da Saúde, Marcelo Almeida – Foto: Ascom/EL

As comunidades mais isoladas de Roraima convivem diariamente com diversas dificuldades, umas delas é conseguir atendimento médico, e quem habita a região do Baixo Rio Branco, em Rorainópolis, conhece essa realidade. Quando necessário, os ribeirinhos que moram na região têm que buscar atendimento em locais distantes. Pensando em contribuir na solução desta questão o deputado federal Edio Lopes (PMDB/RR) busca o apoio do Ministério da Saúde para levar uma Unidade Básica de Saúde Fluvial (UBSF) para o atendimento dessas comunidades mais isoladas.

Nesta terça-feira, 10, o deputado esteve com o assessor do Ministério da Saúde, Marcelo Almeida, para tratar sobre a demanda da UBSF para Rorainópolis. De acordo com o parlamentar, Almeida informou que o Ministério da Saúde está priorizando o processo da UBSF, que deve custar em torno de R$ 2 milhões, para que o município de Rorainópolis esteja apto o mais breve para receber os recursos.

Em outubro, Edio Lopes também tratou pessoalmente com o ministro da Saúde Marcelo Castro sobre a unidade que deverá atender ribeirinhos do Baixo Rio Branco, e o ministro foi solicito. “Na reunião com o assessor do ministro, recebemos a informação de que durante esse período, desde a reunião com Marcelo Castro, a pasta da Saúde já fez uma análise do processo e agora cabe apenas a Prefeitura de Rorainópolis atender as diligências que a área técnica no Ministério solicita”, explicou o deputado.

Segundo ele, o prefeito Adilson do Asa irá contribuir muito para que a embarcação seja entregue. “Certamente o prefeito de Rorainópolis, com todo o apoio técnico de sua equipe da Prefeitura, terá um importante papel para levarmos essa UBSF à região do Baixo Rio Branco, pois ele está empenhado em aprontar o projeto necessário”, contou Lopes.

Quando esteve com o ministro Marcelo Castro, o deputado Edio Lopes também levou o prefeito Adilson do Asa para explicar a situação dos ribeirinhos. “Aquela foi uma ocasião muito boa para reforçarmos a necessidade de atendimento adequado aquela população. Tenho certeza que agora a prefeitura fará sua parte para que possamos levar esse importante benefício aos ribeirinhos do Baixo Rio Branco”, afirmou.

Secretárias de Saúde

Aproveitando a reunião no Ministério da Saúde desta terça-feira, o deputado Edio Lopes também fez questão de convidar as secretárias de Saúde, Jaidila Rosas (Normandia) e Enoya Alves (Caroebe), que estão em Brasília, para participarem do encontro. “Levei-as para que pudessem conversar com o assessor do ministro e ver a situação de demandas dos municípios que elas atendem. As solicitações das secretárias de Saúde foram basicamente para a liberação de recursos de obras que estão em andamento e aquisição de equipamentos médicos para Normandia e Caroebe. Marcelo Almeida analisou caso a caso e explicou a situação de cada processo”, pontuou o deputado.

Recursos para Saúde

Só neste semestre, o deputado Edio Lopes já destinou para Rorainópolis recursos para construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e aquisição de veículo para atender o Programa Saúde da Família. Além disso o parlamentar conseguiu recursos para reforma de unidades de saúde no Cantá, Bonfim e Amajarí e para aquisição de equipamentos médicos em Normandia e Amajarí.

Durante a reunião com assessor Marcelo Almeida, o deputado Edio Lopes também foi informado sobre o andamento de nova emenda que apresentou para atender o município de Amajarí. De acordo com o Ministério da Saúde, em breve, serão liberados os cerca de R$ 60 mil que serão destinados para equipar Unidades de Saúde que estão em fase final de obras no município. O deputado também está empenhado em destinar recursos para entregar UBS nas comunidades de Monte Muriat I e Maturuca, ambas no Uiramutã.

Deixe uma resposta