Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Variedades | #dialogaculturarr: gestores municipais avaliam positivamente o evento que discutiu os rumos da Cultura em Roraima

#dialogaculturarr: gestores municipais avaliam positivamente o evento que discutiu os rumos da Cultura em Roraima

Foto: Ascom/Secult

O #dialogaculturarr, realizado pela Secult (Secretaria Estadual de Cultura), chegou ao fim nesta terça-feira, 14. Foi um momento de diálogo com representantes dos segmentos culturais de todos os municípios, o que possibilitou um diagnóstico da situação cultural, visando o fortalecimento do setor e a organização de um calendário de eventos.

Selma Mulinari, secretária de Cultura, destacou que foi uma importante conversa com os gestores municipais que estão no início da gestão. “Vamos proceder na coordenação do Sistema Estadual de Cultura, trabalhar a parte das leis, do planejamento, do patrimônio, da biblioteca, das finanças e dos eventos”, explicou.

Para o prefeito do Cantá, Carlos Barbudo, o evento foi fundamental para que os gestores possam regularizar e criar elementos para desenvolver a Cultura nos municípios. “Vamos trabalhar na implementação do que falta para que a cultura no Cantá seja mais atuante”, disse.

O diretor do Departamento de Cultura de Normandia, Susej Lima, disse que pôde esclarecer muitas dúvidas sobre o funcionamento do Sistema de Cultura. “Acredito que todos vieram com dificuldades, e as informações repassadas aqui serão de grande valia para deslanchar a cultura nos municípios, além, dos contatos que fizemos durante o evento”, disse.

Satisfação revelada também pelo representante de Caroebe, Isaque Nascimento, que destacou a importância do debate para a cultura do Estado. “Vamos levando na bagagem conhecimentos a mais para depois trazer para o Estado, projetos do município”, explicou.

Cultura

Um dos temas apresentados no #dialogaculturarr, foi Turismo e Cultura. Quem falou sobre o assunto foi o diretor do Detur (Departamento de Turismo do Estado de Roraima), Ricardo Peixoto.

“Dos 15 municípios de Roraima, apenas cinco, fazem parte do Mapa do Turismo Brasileiro: Amajarí, Boa Vista, Bonfim, Caracaraí e Mucajaí. Isso significa falta de habilitação para receber os recursos e qualificações técnicas para que possam desenvolver o turismo em suas áreas, e fazer a gestão junto ao Ministério do Turismo, trabalhando para o desenvolvimento daquela região”, explicou.

Vânia Coelho

 

Deixe uma resposta