Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Dia Internacional da Síndrome de Down terá programação especial

Dia Internacional da Síndrome de Down terá programação especial

Uma vasta programação vai comemorar a data - Foto: Marcelo Rodrigues

Uma vasta programação vai comemorar a data – Foto: Marcelo Rodrigues

Em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado no próximo dia 21, os beneficiários do programa Rede Cidadania Atenção Especial da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem Estar Social) participarão nesta sexta-feira, dia 20, de uma programação alusiva à data com palestras, panfletagens e atividades culturais.

A secretária Estadual de Trabalho e Bem-Estar Social, Emília Campos, destacou a importância de desenvolver ações voltadas para as pessoas com Down. “Precisamos valorizar a nossa população de todas as formas. São cidadãos cheios de capacidades e temos orgulho de vê-los se desenvolvendo cada dia mais”, observou.

A programação da Rede Cidadania Atenção Especial alusiva ao Dia Internacional da Síndrome de Down, iniciou no dia 16 de março. Durante a semana, os beneficiários participaram de torneios esportivos e receberam atendimento de saúde com oftalmologista, pediatra, clínico geral e odontólogo, além de aplicação de vacinas.

Na segunda-feira, uma comitiva formada por beneficiários do programa foi recebida pela governadora Suely Campos, que confirmou a presença no encerramento da programação.

Programação

Nesta sexta-feira, as atividades iniciam às 8h. Os beneficiários do programa vão fazer uma panfletagem em frente à sede da Rede, na avenida São Sebastião, no bairro Santa Tereza, em seguida participarão de uma apresentação cultural. A Setrabes anunciou que um dos beneficiários vai ministrar uma palestra sobre a experiência de estar inserido no mercado de trabalho.

A programação segue com outra palestra, desta vez sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência, proferida pelo representante do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência, Francisco Macêdo. Para encerrar as atividades, ocorrerá um show com bandas locais e dançarinos com deficiência, seguida por  uma série de atividades recreativas.

Rede

Na Rede Cidadania Atenção Especial são atendidas cerca de 780 pessoas com algum tipo de limitação motora, visual, intelectual ou auditiva. Deste total, 92  são portadores da Síndrome de Down.

Um dos principais objetivos é inserir o portador da Síndrome de Down na sociedade, principalmente por meio do mercado de trabalho. Para isso, é oferecido todo um suporte com atividades, por exemplo, de capacitação.

Uma das professoras da Rede, Simone Catão informou frisou que somente este ano, três atendidos pelo programa foram inseridos no mercado de trabalho. “Realizamos diversas atividades e a inserção é uma das  grandes conquistas que tivemos e que merecem destaque nesta data”, acrescentou.

Os atendimentos são realizados por faixa etária. Até os quatro anos, os beneficiários são atendidos na Estimulação Precoce. De quatro a 14 anos, eles assistem aulas na Escola Especial, localizada na sede da Rede. Acima desta idade, eles passam a fazer parte da Unidade de Capacitação Produtiva, com o desenvolvimento de oficinas pedagógicas.

No local são realizados atendimentos técnicos especializados e atividades em Estimulação Precoce, psicologia, atendimento clínico, psiquiatria, odontologia, fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, Assistência Social e oftalmologia. Entre os esportes, são desenvolvidos, futsal, bocha adaptada, tênis de mesa e karatê.

A área pedagógica é composta por atendimento educacional especializado na sala de Recursos Multifuncionais, jogos pedagógicos, artes e oficinas pedagógicas. Os usuários dispõem ainda de aulas de coral, danças como o hip-hop e balé, teatro, percussão e capoeira.

 

Deixe uma resposta