Templates by BIGtheme NET
PÁGINA PRINCIPAL | Geral | Comitê entrega pauta de reivindicações ao Governo

Comitê entrega pauta de reivindicações ao Governo

O encontro debateu demandas em relação às políticas de prevenção, atendimento e responsabilização na área do enfrentamento ao abuso, exploração e tráfico contra crianças e adolescentes em Roraima - Foto: Dedson Machado

O encontro debateu demandas em relação às políticas de prevenção, atendimento e responsabilização na área do enfrentamento ao abuso, exploração e tráfico contra crianças e adolescentes em Roraima – Foto: Dedson Machado

Ampliar, fortalecer e consolidar as políticas públicas voltadas à proteção da criança e do adolescente foi a tônica do encontro entre o secretário estadual de Segurança Pública, Januário Lacerda e o Comitê Estadual de Enfrentamento ao Abuso, Exploração Sexual e Tráfico de Crianças e Adolescentes no Estado de Roraima.

Segundo o coordenador do Comitê Estadual de Enfrentamento, Flávio Corsini Lírio, o objetivo do encontro foi apresentar as demandas em relação às políticas de prevenção, atendimento e responsabilização na área do enfrentamento ao abuso, exploração e tráfico contra crianças e adolescentes em Roraima.

Ele explica que o Comitê é uma entidade que reúne órgãos governamentais e não governamentais e dispõe de um corpo técnico que discute as políticas de enfrentamento e busca as soluções.

Dentre os temas apresentados e discutidos, um deles tratou da desativação do posto de atendimento da Delegacia de Proteção a Criança e o Adolescente, ocorrido em 2014. Além disso, um espaço reservado ao IML (Instituto Médico Legal), para atender as crianças e adolescentes vítimas de violência sexual.

E, também, a disponibilidade de um carro descaracterizado para trânsito da criança ou do adolescente vítima de violência do hospital para o IML, pois esse serviço vinha sendo realizado em veículo caracterizado o que, segundo ele, constrangia as vítimas e familiares.

“Sentimos que há uma abertura do secretário, da governadora, do novo governo uma disposição de discutir os problemas do Estado e estamos trazendo a demanda, que é nosso papel e vamos aguardar obviamente a resposta. É importante o secretário se comprometer com esse fluxo do atendimento, como tínhamos anteriormente no Hospital Santo Antonio e de pensar o espaço do IML. São ações fundamentais para pensarmos a curto, médio e longo prazos essa política, em que o secretário se comprometeu conosco”, disse Flávio Lírio.

Para o secretário Januário Lacerda as demandas apresentadas serão analisadas e, juntamente com as instituições ligadas ao Sistema de Segurança Pública, serão apresentadas ações para sanar as dificuldades enfrentadas no setor, para assim, fornecer uma maior proteção às crianças e adolescentes vítimas de abusos sexuais.

“Nós discutimos sobre as demandas que o Comitê tem em relação as ações do enfrentamento da violência sexual contra criança e adolescente, que, segundo foi colocado por eles, em certos momentos tiveram ganhos na prestação de serviços e que por algum motivo esse serviço foi desmobilizado, dentre outras reivindicações. Vamos analisar essa pauta e trabalhar numa perspectiva de otimizar essas demanda do Comitê e procurar outras Instituições como Secretaria de Saúde e do Trabalho e Bem Estar Social para que possamos integrar as ações e atender adequadamente essas vitimas de violência sexual “, disse Lacerda.

Sandra Lima

 

Deixe uma resposta